5 meias que jogaram no Santos neste século e você esqueceu

Alguns jogadores têm passagens tão fugazes por certos clubes que nem o mais fanático dos torcedores consegue lembrar, depois de algum tempo, que eles passaram por seu time do coração.

Leia também: 5 goleiros que jogaram no Santos neste século e você esqueceu
5 zagueiros que jogaram no Santos neste século e você esqueceu
18 ídolos do Santos nos 18 anos de fila
11 estádios nos quais o Santos devia se inspirar caso construa um novo
9 jogadores do Santos-2010 que você não sabe onde foram parar

O Santos está cheio destes casos: quem, em 2016, lembraria que Lopes atuou pelo clube neste século?

Abaixo, relembre 5  meias que passaram pelo Santos desde 2001 e que, dificilmente, você lembraria “de cabeça”:

rychelyRychely
Rychely foi contratado pelo Santos em 2011, em meio a Libertadores – sim, é campeão continental como Neymar e cia. Jogou sete paridas e foi dispensado em agosto. É mais famoso por ser confundido com Rythely, do Sport – sim, existem duas pessoas com esses nomes.

 

lopesLopes
O meia passou pelo Santos em 2004, sendo contratado para jogar a Libertadores junto com Doni e Robgol. Fez um gol aos 45 minutos do 2° tempo num empate em casa com o Guarani-PAR (2 a 2), salvando o time de uma derrota vexatória. Mas foi isso: foi dispensado antes do meio do ano.

 

rivaldoRivaldo
A torcida do Palmeiras queria muito que o meia fosse dispensado pelo clube em 2011, quando Scolari o escalava de lateral esquerdo. Pouca gente lembrou que, sete anos antes, ele havia sido revelado pelo Santos, e como meia. Teve chances não aproveitadas no profissional, mas se destacou apenas no Santos B que ganhou a Copa Paulista.

 

roger gauchoRoger Gaúcho
O meia de cabelo igual ao Neymar (à época) se destacou pelo Oeste o Paulista de 2011, após ser considerado “garoto-problema” no Internacional. Pouco depois da Libertadores foi contratado, para ser dispensado após poucos jogos. O curioso é que el e deu declarações afirmando ter tido pouco contato com o Neymar durante sua passagem pelo cube – ou seja, nem os jogadores daquele elenco devem lembrar dele.

 

andre belezinha
André Belezinha

Em 2006, o santista tinha como discussão típica se a camisa 10 devia ou não ser aposentada. O auge da discussão aconteceu quando André Oliveira de Lima, conhecido por André Belezinha, usou a 10 do clube. Foi levado ao clube por Vandrlei Luxemburgo, em um pacotão do Iraty.



Jornalista esportivo.