5 goleiros que jogaram no Inter neste século e você esqueceu

Alguns jogadores têm passagens tão fugazes por certos clubes que nem o mais fanático dos torcedores consegue lembrar, depois de algum tempo, que eles passaram por seu time do coração.

Leia também: 5 goleiros que jogaram no Grêmio neste século e você esqueceu
5 goleiros que jogaram no Santos neste século e você esqueceu
5 goleiros que jogaram no Corinthians neste século e você esqueceu
5 goleiros que jogaram no Palmeiras neste século e você esqueceu
5 goleiros que jogaram no São Paulo neste século e você esqueceu

O Internacional está cheio destes casos: quem, em 2016, lembraria que o goleiro Gottardi atuou pelo clube neste século?

Abaixo, relembre 5 goleiros que passaram pelo Inter desde 2001 e que, dificilmente, você lembraria “de cabeça”:

gottardiGottardi
O goleiro foi revelado pelo próprio Inter em 2006. Não teve chances entre os titulares e foi mandado para o famoso Inter B, que começava seu projeto. Não durou nada e foi embora em 2007, para começar a rodar pelo país antes de se mandar para Portugal.

 

 

agenorAgenor
O goleiro Agenor hoje é famoso para quem acompanha o futebol brasileiro. Fez ótimo Brasileiro em 2015 pelo Joinville, sendo o melhor jogador do time – que foi rebaixado, sim, mas que poderia ter sido mito antes se não fosse o arqueiro. Revelado pelo Inter, foi o quarto goleiro em uma lista que tinha Clemer, Renan e Muriel. Teve contrato até 2014, sempre por empréstimo. Fica a pergunta: se ficasse no Inter, brigaria por seleção como Alisson?

luiz mullerLuiz Müller
Goleiro revelado pelo Inter em 2002, é mais uma da base colorada que não conseguiu espaço em década dominada por Clemer, Renan e os irmãos Muriel e Alisson, por exemplo. Acabou fazendo carreira no Rio Grande do Sul, mas entre os pequenos, como Brasil de Pelotas e Veranópolis.

 

boeckMarcelo Boeck
Foi campeão em seu primeiro jogo no profissional: teve que entrar na final do Gaúcho de 2005 e ajudou o time a conquistar a taça. Mas foi só. Depois de esquentar o banco até 2007 foi para Portugal, onde ficou por nove anos. Voltou para o Brasil para jogar na Chapecoense.

 

andreAndré
Claro, todos lembram de André no Inter. Entre 1992 e 1999 o goleiro fez grande carreira no clube. O detalhe da memória é a passagem final do arqueiro pelo clube, neste século, já em 2005. Já em fase final de carreira, voltou e ainda foi campeão gaúcho duas vezes.



Jornalista esportivo.