Hamilton confirma favoritismo e fatura pole position em Melbourne

Lewis Hamilton conquistou sua quinta pole position em Melbourne. (Foto: Getty Images)

Lewis Hamilton confirmou o favoritismo construído durante os treinos livres e conquistou a pole position para o Grande Prêmio da Austrália, etapa de abertura da Fórmula 1. O piloto da Mercedes liderou as três fases do treino classificatório, que teve a estreia de seu novo formato neste sábado (19), conseguindo na fase final o tempo de 1min23s837 no circuito de Albert Park, garantindo pela quinta vez o direito de largar da primeira posição em Melbourne.

LEIA MAIS:
LEWIS HAMILTON LIDERA TL3 EM MELBOURNE
HAMILTON FECHA SEXTA-FEIRA COM O MELHOR TEMPO EM MELBOURNE
HAMILTON LIDERA TL1 MARCADO PELA CHUVA NA AUSTRÁLIA

A segunda colocação ficou com Nico Rosberg, com a outra Mercedes do grid, terminando o classificatório com um tempo três décimos pior em relação ao obtido por Hamilton. Na sequência apareceram os dois carros da Ferrari, com Sebastian Vettel ficando com a terceira posição, seguido por Kimi Räikkönen. Max Verstappen, com a Toro Rosso, ficou com a quinta posição.

Felipe Massa alcançou a fase decisiva do qualifying e largará da sexta posição com o carro da Williams, fechando a terceira fila. Carlos Sainz, da Toro Rosso, inicia a etapa australiana da Fórmula 1 na sétima posição, seguido por Daniel Ricciardo, com a Red Bull. A lista dos dez melhores ainda conta com Sergio Pérez e Nico Hülkenberg, ambos pilotos da Force India.

Companheiro de Felipe Massa na Williams, Valtteri Bottas acabou deixando a disputa pela pole position ainda no Q2, e largará da 11ª posição. As duas McLarens também acabaram eliminadas na segunda rodada do qualifying, com Fernando Alonso obtendo a 12ª colocação, um posto à frente de seu companheiro de equipe, Jenson Button.

Felipe Nasr foi eliminado ainda na primeira rodada da prova de classificação e largará apenas na 17ª colocação, após obter 1min27s958 na melhor de suas passagens. O brasileiro ficou à frente dos pilotos da Manor, da Haas e de Daniil Kvyat, que surpreendeu negativamente ao ser eliminado ainda na fase inicial com a Red Bull.

O Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 será disputado neste domingo, a partir das 2h. Confira o grid de largada:

1º – Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1min23s837
2º – Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1min24s197
3º – Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – 1min24s675
4º – Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari) – 1min25s033
5º – Max Verstappen (HOL/Toro Rosso-Ferrari) – 1min25s434
6º – Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes) – 1min25s458
7º – Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso-Ferrari) – 1min25s582
8º – Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-Tag Heuer) 1min25s589

9º – Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes) – 1min25s753
10º – Nico Hülkenberg (ALE/Force India-Mercedes) – 1min25s865
11º – Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes) – 1min25s961
12º – Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda) – 1min26s125
13º – Jenson Button (ING/McLaren-Honda) – 1min26s304
14º – Jolyon Palmer (ING/Renault) – 1min27s601
15º – Kevin Magnussen (DIN/Renault) – 1min27s742

16º – Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari) – 1min27s958
17º – Felipe Nasr (BRA/Sauber-Ferrari) – 1min27s958
18º – Daniil Kvyat (RUS/Red Bull-Tag Heuer) – 1min28s006
19º – Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) – 1min28s322
20º – Estebán Gutiérrez (MEX/Haas-Ferrari) – 1min29s606
21º – Pascal Wehrlein (Manor-Mercedes) – 1min29s642
22º – Rio Haryanto (IDN/Manor-Mercedes) – 1min29s627*

*perdeu três posições por acidente com Romain Grosjean no TL3

Foto: Getty Images



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.