Após tropeçar no Minas, Vôlei Nestlé/Osasco recebe o Sesi-SP pela Superliga Feminina

João Pires / Fotojump

Equipe osasquense tenta se recuperar de derrota para o Camponesa/Minas e conta com histórico favorável em partidas contra o Sesi-SP em seu ginásio, o José Liberatti.

LEIA MAIS:

Lipe busca melhor forma física para a reta final da Superliga Masculina

O Vôlei Nestlé/Osasco enfrenta o Sesi-SP nesta terça-feira (16), às 19h30, no José Liberatti, com objetivo de retomar o caminho das vitórias. Após quatro resultados positivos em cinco partidas pela Superliga, o time da líbero Camila Brait joga em casa para comprovar que o revés da rodada passada foi apenas um ponto fora da curva de ascensão na competição nacional. Com 41 pontos, a capitã Thaisa e suas companheiras ocupam a quarta posição, com 14 resultados positivos em 19 confrontos.

Principal responsável pelo sistema defensivo do time osasquense, Camila Brait acredita que a equipe já mostrou o que precisa ser feito para vencer. “Fizemos quatro jogos muito bons, inclusive, na vitória sobre o Praia Clube e contra o Minas estávamos vencendo bem no primeiro set e nos desconcentramos. Neste vacilo, tomamos pontos em sequência e sabemos que isso não pode acontecer. Temos que esquecer essa partida e retomar o desempenho das rodadas anteriores. Desperdiçamos oportunidades e precisamos melhorar nosso aproveitamento nos contra-ataques”, afirma a líbero.

Assim como o Vôlei Nestlé/Osasco, o Sesi-SP também foi derrotado no confronto da oitava rodada do returno. “Jogar contra o Sesi é sempre difícil. Os dois times perderam na rodada passada, por isso, acredito que será uma partida em que as equipes vão querer se recuperar e mostrar que podem retomar o caminho das vitórias. Penso que será um bom jogo e que todos querem mostrar seu valor. Estamos cientes que precisamos melhorar e fazer com que nosso saque funcione para facilitar a organização do nosso sistema defensivo. Minimizar os erros e atuar com paciência podem ser os diferenciais para nossa vitória”, finaliza Camila Brait.

No primeiro turno, Luizomar e suas comandadas venceram o Sesi, em São Paulo, no ginásio da Vila Leopoldina, por 3 sets a 1. Naquela partida, a oposta Lise Van Hecke foi a maior pontuadora, com 19 acertos, e eleita a melhor em quadra, recebendo o troféu VivaVôlei. Este será o quinto jogo entre os clubes na temporada 2015/16, já que se enfrentaram três vezes no Campeonato Paulista. Na fase de classificação do estadual, a equipe de Osasco ganhou fora de casa e na decisão foram mais duas vitórias, em casa e como visitante.

Colaboração: ZDL Comunicação
Imagem: João Pires / Fotojump



Estudante de Rádio, TV e Internet, Luiz Carlos Junior é narrador, comentarista e apresentador da TV Esporte Mais, canal de tv por assinatura da zona oeste metropolitana de São Paulo. Amante de futebol e voleibol, do amador ao profissional, Luiz também é apaixonado por música.