Vitor Hugo faz duas reclamações após empate do Palmeiras na estreia

(Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

O Palmeiras saiu na frente, sofreu o empate, voltou a liderar o placar, mas não saiu com a vitória na estreia da Libertadores de 2016. No fim, o time acabou ficando no 2×2 contra o River Plate, do Uruguai, fora de casa, e deixou escapar a chance de largar com vitória no Grupo 2 da competição. 

LEIA MAIS:

Libertadores: comentaristas elogiam Grêmio e Galo, e “esquecem” Palmeiras e São Paulo

Mercado da Bola 2016: Grêmio tem interesse em lateral brasileiro do Torino

Ainda no primeiro tempo, o volante Jean recebeu ótimo passe de Dudu e abriu o placar para o Verdão. No segundo, Santos empatou em cobrança de penalidade máxima. Em uma bela jogada, Gabriel Jesus voltou a colocar os brasileiros na frente, mas Montelongo empatou de cabeça logo a seguir.

O zagueiro Vitor Hugo não quis apontar culpados, mas fez duas reclamações na entrevista concedida à reportagem do Fox Sports ainda no gramado do estádio. Segundo ele, o campo deixou a desejar e o vento atrapalhou bastante.

“Eu acho que foi bom, serviu para a nossa equipe ver como vai ser a competição e se ambientar com a Libertadores. Foi um jogo duro e nós pegamos bastante. O campo está um pouco duro, preso e prendendo a bola demais. E o vento aqui também atrapalhou. Mas agora é pensar em vencer o próximo jogo”, frisou o zagueiro.

A próxima partida do Verdão será no sábado (20), um clássico contra o Santos, partida válida pela quinta rodada do Campeonato Paulista, no Allianz Parque. Pela Libertadores, o Porco recebe o Rosário Central, da Argentina, no dia 2 de março.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.