Torcida do Palmeiras volta a pedir contratação de Cuca, mas isso não seria bom; veja o porquê

César Greco/Ag. Palmeiras

O Palmeiras foi surpreendido pelo bom futebol apresentado pela Ferroviária em pleno Allianz Parque e perdeu a segunda no Campeonato Paulista de 2016. A derrota trouxe a tona novamente a irritação do torcedor com o baixo nível de qualidade apresentado em campo, e mais uma vez o alvo principal foi o técnico Marcelo Oliveira.

LEIA TAMBÉM:
Análise: Palmeiras prioriza uma competição, assim como fez em 2015 e ganhou a Copa do Brasil

Nas redes sociais, torcedores voltaram a pedir a demissão do comandante, assim como fizeram após a derrota para o Linense. Além disso, eles também repetiram o discurso pedindo a contratação do técnico Cuca, que está desempregado desde que deixou o Shandong Luneng.

Mas por que a torcida palmeirense insiste em pedir a contratação de Cuca? Porque ele comandou o Atlético-MG no título da Libertadores em 2013 e foi vice-campeão brasileiro duas vezes, ou porque ele salvou o Fluminense do rebaixamento em 2009? Seja lá qual for o motivo, nem deles justificaria sua contratação.

Na Libertadores, o Atlético-MG contou com a qualidade de seu elenco, a inspiração do goleiro Victor e a sorte – muita sorte. Em 2009, quando salvou o Fluminense do rebaixamento, vale destacar que em algumas partidas do Tricolor o resultado teve influência da arbitragem, como aconteceu contra o próprio Palmeiras.

VEJA TAMBÉM:
5 técnicos com mais chances de assumir o Palmeiras se Marcelo Oliveira for demitido

O “verdadeiro” treinador Cuca é aquele que não conseguiu fazer o bom time do Atlético-MG passar da semifinal do Mundial de Clubes contra o Raja Casablanca, e é aquele que tem um aproveitamento médio entre 50% e 65% pelos oito clubes que treinou na carreira, o que é muito baixo para que seja considerado o técnico ideal para o Palmeiras.

O currículo de Cuca, APESAR da Libertadores, é bem fraco para ser considerado do nível que o Verdão merece. Até hoje ele acumula um título do Campeonato Carioca com o Flamengo (2009), dois Campeonatos Mineiros com o Galo (2012 e 2013) e um com o Cruzeiro (2011), e a Copa da China com o Shandong Luneng (2014).

Com todo respeito ao profissional, mas Cuca não é técnico para o Palmeiras, que sonha com grandes títulos em 2016.

Confira o desempenho de Cuca pelo clubes que treinou:

cuca