Série A1: Com Pituca, Botafogo não segura vantagem e empata a terceira seguida

E o torcedor do Botafogo amargou o terceiro empate consecutivo no Paulistão. Desta vez, em Campinas, o Pantera empatou com a Ponte Preta em 1 a 1, neste domingo (14), no Estádio Moisés Lucarelli. Diego Pituca colocou os visitantes na frente, mas, de pênalti, Alexandro deixou tudo igual no duelo.

LEIA MAIS:
Time tradicional encerra atividades e rival ainda tripudia no Facebook
Futebol Paulista: FPF divulga grupos da Segunda Divisão do Estadual em 2016
São Bento vence o São Bernardo pelo Paulistão; veja os gols do jogo

Contra o Novorizontino e São Bernardo, o Tricolor saiu na frente no marcador e cedeu empate na reta final da partida. Em Campinas, a equipe de Ribeirão Preto até jogou bem em relação à última partida. Com o empate, o Botafogo chegou ao seu terceiro ponto e amarga a quinta colocação do Grupo A. Já a Ponte Preta é a última do B, com dois somados.

O Jogo

Fora de campo, as equipes estavam pressionadas para chegar a primeira vitória no campeonato. O duelo começou muito truncado dentro das quatro linhas. Neneca foi exigido nos minutos iniciais, quando João Vitor arriscou de longe e o goleiro apenas acompanhou.

O Pantera deu a resposta apenas nos 24 minutos da primeira etapa, quando César Gaúcho recebeu livre e levou a bola até a intermediária. O volante arriscou com perigo na meta dos mandantes.

Na segunda etapa, o time do técnico Marcelo Veiga adotou o sistema de “contra-ataque” para chegar ao primeiro gol. Diego Pituca entrou para mudar a história do jogo. Rodrigo Thiesen encontrou Pituca livre que teve apenas o trabalho de mandar uma bomba e correr para a alegria.

Minutos depois, o atacante da Ponte Preta Alexandro incendiou a partida. Após cruzamento da direita, o jogador aproveitou desvio de seu companheiro de equipe e empurrou para o fundo do gol, mas o assistente 2 anulou o lance. Lances seguintes, o árbitro Raphael Claus assinalou pênalti para a Macaca. Alexandro foi para a bola e não despediçou. Era o gol de empate da Ponte. Sem grandes emoções, o duelo terminou em 1 a 1.

FICHA TÉCNICA:

Ponte Preta 1 x 1 Botafogo

Paulistão 2016 – 4ª Rodada

Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas (SP)

Data: 14/02/2016 – Horário: 19h30 (de Brasília)

Ponte Preta: João Carlos; Nino Paraíba, Tiago Alves, Fabio Ferreira e Reinaldo; Jonas, Élton, João Vítor (Clayson) e Felipe Azevedo; Wellington Paulista (Alexandro) e Rhayner (Taiberson). Técnico: Vinícius Eutrópio.

Botafogo: Neneca; Samuel Santos, Caio Ruan, Mirita e Augusto Ramos; César Gaúcho, Rodrigo Thiesen, Allan Dias (Moradei) e Danilo Bueno (Diego Pituca); Serginho (Diogo Campos) e Nunes. Técnico: Marcelo Veiga.

Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo



Ribeirão-pretano com orgulho e apaixonado por todas as modalidades esportivas. Jornalismo esportivo é uma das paixões que carrego em meu peito. Sonhar é o que mantém o Homem vivo. "O Homem não morre quando deixa de existir, e sim quando deixa de sonhar".