Sem folga, São Paulo inicia semana decisiva, Libertadores e clássico

Época de Carnaval? Não pelo menos para os jogadores do São Paulo, que já voltaram a trabalhar ontem, um dia depois da vitória contra o Água Santa, os motivos; partida decisiva contra o César Vallejo pela Libertadores e o primeiro clássico do time no ano, uma possível revanche contra o Corinthians em Itaquera, já que o último jogo foi uma goleada história para o alvinegro, 6 a 1

LEIA MAIS
Argentino ex-Palmeiras ajudou Calleri na adaptação ao Brasil. Entenda
Saiba o que Bauza disse sobre a possível titulariedade de Calleri contra o César Vallejo

O São Paulo vive um momento tranquilo, invicto até agora na temporada de 2016, com três partidas disputadas, dois empates e uma vitória, em jogos oficiais, pode ver a tranquilidade ir para o espaço caso alguma coisa de errado nessa semana. Ela começa com a obsessão do clube e torcida, a Libertadores.

Na quarta-feira o Tricolor tem a obrigação de se classificar para as fases de grupos da competição mais importante das Américas e assim seguir firme para brigar pelo Tetracampeonato, para isso o São Paulo já entra classificado em campo, o zero a zero favorece a equipe do Morumbi e qualquer vitória também, pelo que se viu no primeiro jogo no Peru, o Tricolor entra como favorito ao extremo.

Em seguida, no próximo final de semana, dia 14, o São Paulo irá encarar o Corinthians, primeiro clássico de 2016, o Timão foi o responsável pelo maior vexame do Tricolor na temporada passada, pelo 6 a 1 aplicado em Itaquera, a verdade é que o Corinthians se renovou por completo e perdeu suas peças, mas naquela ocasião Tite usou os jogadores reservas, que permanecem no grupo até hoje.

Portanto, em meio a essa semana decisiva Bauza e diretoria do São Paulo agiram corretamente em não dar folga aos atletas tricolores, onde todos veem demonstrando o empenho, dedicação e ao comprometimento com o Tricolor.

Érico Leonan / saopaulofc.net



Jornalista em formação. Fanático por esportes, principalmente futebol. Vivo em busca de desafios e oportunidades que a vida me proporciona.