Schumacher ainda mantém fortuna bilionária mesmo após acidente, diz revista

Foto: Getty Images

A revista econômica “Bilanz”, da Suíça, revelou que a fortuna do heptacampeão da Fórmula 1, Michael Schumacher, se mantém entre uma das mais altas das pessoas envolvidas neste esporte, sendo avaliada em 700 milhões de euros (aproximadamente R$ 3 bilhões).

LEIA MAIS:
Renato Maurício Prado fica em saia justa após piada polêmica ao vivo
Brasileira que se destacou na São Silvestre é pega no exame antidoping
Vanderlei Cordeiro revela frustração nas Olimpíadas: “Queria a medalha de ouro”
Rogério Ceni revela que, sem Muricy Ramalho, jamais seria ídolo no São Paulo
Rafael Feijão perde mais uma luta e pode ser demitido do UFC

Segundo a publicação, nem mesmos os elevados gastos com seu tratamento médico, estimado em 8 milhões de euros (aproximadamente R$32 milhões), reduziram consideravelmente o montante, uma vez que o ex-piloto mantém contratos publicitários com a Mercedes e a empresa financeira DVAG.

O alemão sofreu um grave acidente de esqui há mais de dois anos enquanto esquiava nos alpes franceses. Desde então, as notícias sobre seu estado de saúde não trazem um diagnósticos precisos, já que ele segue blindado.

O acidente aconteceu em 29 de dezembro de 2013 e depois de passar meses hospitalizado na Suíça, Schumacher foi transferido para sua casa em Gland, na Suíça, onde continua o tratamento. Porém, as informações são poucas, já que a família do alemão impede que médicos e enfermeiros passem informações à imprensa.

Foto: Getty Images