São Paulo: Raio-x do Grupo 1 da Libertadores

São Paulo
Crédito de imagem: Arte Torcedores.com

A Taça Libertadores da América começa nesta terça-feira. A competição conta com 32 equipes e o clube vencedor ganha vaga para disputar o Mundial de Clubes da FIFA. O São Paulo é o brasileiro que mais participou e também o que mais venceu o torneio. O Tricolor faz sua estreia amanhã, diante do The Strongest no Pacaembu. Confira um raio-x do Grupo 1 da Libertadores:

LEIA MAIS: SÃO PAULO: MARCA LANÇA BOLA EM HOMENAGEM AO “M1TO”

O Grupo 1 da Libertadores está composto por, River Plate-ARG, Trujillanos-VEN, The Strongest-BOL e São Paulo. Não é um grupo equilibrado, os francos favoritos para as duas vagas são River e São Paulo. As outras duas equipes não possuem tradição no torneio continental e devem ficar pelo caminho.

River Plate-ARG
O River Plate é o atual campeão da competição e entra como um dos favoritos ao título. A equipe argentina será o principal adversário do São Paulo na disputa pelo primeiro lugar do grupo. A boa notícia para o torcedor são-paulino é que o elenco não deve se desgastar, pois a viagem (Buenos Aires) é de curta distância.

Embora tenha perdido alguns jogadores, os “millionarios” (apelido do River Plate) mantiveram um elenco experiente e de qualidade. O meia D’le Alessandro foi contratado por empréstimo por uma temporada, juntamente com o goleiro Barovero e o técnico Gallardo são os pilares do time que busca o tetracampeonato.

Crédito de imagem: Diego Haliasz/River
Crédito de imagem: Diego Haliasz/River

Trujillanos-VEN
A equipe venezuela do Trujillanos é pouco conhecida na América do Sul. O Trujillanos só disputou a Libertadores uma vez, em 1995. Naquele ano o time sequer passou da primeira fase. Eles se classificaram para a competição após vencer o Torneio Apertura de 2014. O destaque é o zagueiro venezuelano Édixon Cuevas, de 36 anos. O estádio do Trujillanos fica na cidade de Valera que não possui altitude elevada, mas a viagem deve durar 7 horas.

The Strongest-BOL
O The Srongest é um time que o São Paulo conhece muito bem. Os dois já caíram no mesmo grupo em 2013, o Tricolor venceu a partida em casa e acabou derrotado fora. A maior arma do The Strongest é a altitude de La Paz. Os bolivianos dificilmente são batidos jogando com esse fator a seu favor. As equipes adversárias sentem dificuldades para respirar e geralmente diminuem o ritmo no segundo tempo. Os principais jogadores são os meias Pablo Escobar e Chumacero, ambos já passaram pelo futebol brasileiro.

Crédito de imagem: Divulgação
Crédito de imagem: Divulgação