Saiba qual é o empecilho para o Vasco renovar contrato com a Caixa

Foto: Marcelo Sadio/Vasco.com.br

As negociações entre o Vasco da Gama e Caixa Econômica Federal seguem estagnadas, para prorrogarem o vínculo da cota máster para mais uma temporada. O principal motivo segue os valores que segue sendo o principal empecilho para a renovação do contrato.

LEIA MAIS:
VEJA DEZ NOTÍCIAS DO VASCO QUE ESTÃO BOMBANDO NA INTERNET!

Conforme mostra o jornal “Extra”, o superintendente de marketing da Caixa Econômica Federal, Gerson Bordignon, não tem muita esperança que o acordo aconteça em poucas palavras: “Impossível saber se vai dar certo”, fala ao jornal Correio Braziliense.

No primeiro momento, a Caixa Econômica queria abaixar os valores para seguir no Vasco da Gama que era de R$ 9 milhões. O presidente Eurico Miranda recusou e o banco estatal ofereceu R$ 12,5 milhões mesmo valor que o Cruzeiro e Atlético-MG recebem.

Mas a posição do Gigante da Colina é manter os R$ 15 milhões que o clube recebia ano passado, mesmo com o descenso para a Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, o presidente Eurico Miranda mantém esperanças que o acordo aconteça.



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com