Ronaldo tenta encontrar Papa, mas roupas de senhoras estragam planos

Ronaldo passa uma temporada na Itália e um dos seus planos era encontrar com o Papa Francisco no Vaticano nesta semana. Os planos do Fenômeno, no entanto, acabaram frustrados por causa da roupa de duas acompanhantes do ex-atacante.

Segundo veículos italianos, como o jornal “Gazzetta dello Sport”, duas senhoras que estava na comitiva de Ronaldo vestiam roupas brancas e o cerimonial do Vaticano impede o encontro do Pontífice com quem esteja usando a cor.

Apenas algumas pessoas podem usar branco e encontrar-se com o Papa, como reis, rainhas, príncipes e princesas. Por isso, o Fenômeno foi impedido de encontrar-se com Francisco.

O encontro entre um dos melhores jogadores da história do futebol e o Papa estava marcado para a última quarta-feira e era um dos compromissos da extensa agenda de Ronaldo na Itália, onde se destacou com as camisas de Inter de Milão e Milan.

Ronaldo ainda brincou em entrevista ao jornal “Gazzetta dello Sport” que entregaria uma camisa da seleção brasileira para o Papa, que é argentino e torcedor do San Lorenzo.

“Creio que vou terminar falando de futebol. Posso levar uma camisa do Brasil. Ele não vai se ofender”, disse.

É, Ronaldo. Ficou para a próxima.



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.