R$ 117 bilhões de reais, este será o valor de gastos na Copa da Qatar

Crédito da foto: Divulgação

 

O Qatar revelou na segunda-feira (8), o valor astronômico que será investido para a realização da Copa do Mundo de 2022. 30 bilhões de dólares, cerca de 117 bilhões de reais que serão investidos em estádios , centros de treinamento e de imprensa

Leia mais:FIFA CONFIRMA COPA DO QATAR NO INVERNO E FINAL SERÁ NO DIA 18 DE DEZEMBRO

Em uma breve comparação é 81,5 bilhões a mais do que o gasto no Brasil para a Copa de 2014, segundo a última atualização da matriz de responsabilidade disponibilizada pelo Governo Federal.

Os números do Qatar foram passados por Hassan Al Thawadi, secretário geral da Copa de 2022, em uma entrevista para alguns veículos de imprensa internacional,em Doha, durante o Congresso Mundial de Jornalismo Esportivo.

” São 30 bilhões de dólares em relação a equipamentos de competição, como estádios, centros de treinamento, IBC (centro internacional de imprensa)… Há mais custos indiretos relacionados à Copa, mas esse valor eu não tenho. Sobre redução de custos depois do planejamento oficial, temos tentado diminuir sempre de acordo com as assinaturas de contrato. Estamos buscando o melhor custo-benefício para entregar a estrutura necessária para o campeonato” falou o dirigente em entrevista ao Lance!

Embora tenha apresentado 12 estádios no dossiê de candidatura, o comitê local já trabalha com a possibilidade de realizar a competição com oito, destes, só um contempla reforma e ampliação o Estádio Khalifa. O Brasil trabalhou com 12 estádios.

“Fizemos um estudo e descobrimos que seria mais caro reformar do que demolir o estádio do Al Rayyan. Ele terá capacidade para 45 mil pessoas e depois da Copa ficará com 25 mil. Vamos utilizar 90% do material da demolição para a construção do novo”, disse Hassan Al Thawadi, em entrevista divulgada pelo Uol.

Imagem: Divulgação/Cômite

 



Formada em jornalismo pelo Mackenzie, demorei anos para perceber que dá, sim, para ir atrás dos sonhos e trabalhar com o que se gosta: o esporte. Hoje me divido entre o esporte e a política. Nunca vou me conformar com os que dizem: "É só futebol.."