Primeira Liga tem presença de público 390% maior que o Campeonato Carioca

Divulgação/Primeira Liga

Grande marco na tentativa de os clubes ficarem livres das garras das federações e confederações, a Primeira Liga pode comemorar mais uma “vitória”. Até aqui, a competição que está em seu primeiro ano de disputa tem média de público de 9.621 por jogo.

Leia Mais: PARA CAFU, NEYMAR É TECNICAMENTE MAIS FORTE DO QUE MESSI E CRISTIANO RONALDO
RICARDINHO NEGA CIÚMES NO SÃO PAULO E DIZ QUE CONCENTRAVA NO MESMO QUARTO QUE CENI
SÃO PAULO ACERTA COM A GLOBO: ‘FIZEMOS UM BEM PARA O FUTEBOL BRASILEIRO’, DIZ ATAÍDE

Principal rival do torneio estreante, o Campeonato Carioca tem pífios 2.247 pagantes por partida. Assim, a Copa Rio-Sul-Minas tem um público 390% maior que o do Carioca. Há que se levar em conta também que o Maracanã, entregue ao Comitê Olímpico Internacional, e o Engenhão, em obras, estão impossibilitados de receber partidas.

Vale lembrar houve um embate entre Flamengo e Fluminense contra a FERJ. A federação carioca tentou de todas as maneiras barrar o torneio e chegou a conseguir o aval da CBF. Mas após o sucesso da primeira rodada do torneio, e da ameaça da Primeira Liga em processar a entidade, a CBF recuou e autorizou a realização da competição.

Entre os atrativos da Primeira Liga, estão os clássicos nacionais, como o duelo entre Atlético-MG e Flamengo, vencido pelos rubro-negros por 2 a 0 no Mineirão. Além deste jogo, outra grade partida no principal estádio de Belo Horizonte foi destaque até aqui. O Fluminense contou com um Diego Souza inspirado que, com três gols, ajudou o tricolor carioca a vencer o Cruzeiro por 4 a 3. Enquanto isso, no estadual carioca, sem poder contar com o principal estádio do Brasil, a maioria dos jogos é fora da capital O Fla-Flu do último fim de semana foi em Brasília. Assim, a presença da torcida bate recordes negativos. A primeira rodada do Carioca desta temporada foi a pior nos últimos anos com relação ao público pagante, com 19.051 somadas todas as partidas.



Jornalista que gosta de boas histórias e grandes personagens, não importa se dentro ou fora de campo