Pipo Derani vê vitória em Daytona como a maior da carreira

Brasileiro comemora vitória em Daytona

Pipo Derani escreveu seu nome na história de uma das principais provas de longa duração do mundo. O paulista venceu no último domingo (31) as 24 Horas de Daytona, prova que abriu a temporada da SportsCar, principal campeonato de Endurance dos Estados Unidos. E o representante da equipe Tequila Patrón admite que este foi o maior resultado de sua carreira e que sua ficha ainda não caiu.

LEIA MAIS:
Pipo Derani lidera dobradinha brasileira nas 24h de Daytona

“Está difícil cair a ficha, mas basta olhar para o Rolex (prêmio dado aos vencedores da corrida) e ver o “Winner” escrito atrás que realmente a ficha cai de que essa foi a maior conquista da minha carreira”, disse Derani, em entrevista publicada ao site da revista brasileira Racing.

A corrida no Daytona International Speedway representou a estreia de Derani em sua nova equipe, por quem disputará o Campeonato Mundial de Endurance e as 24 Horas de Le Mans. Pipo admitiu que o objetivo principal era completar a corrida, e que um problema no carro o preocupou nas duas horas finais.

“Minha primeira corrida com a Tequila Patrón ESM e eu tinha apenas um objetivo: não cometer erros. Com certeza fiquei nervoso, depois de quase 24 Horas de corrida e um alarme de temperatura do câmbio piscando no painel é realmente para ficar nervoso, não?”, questionou Derani.

“Mas a minha equipe e meu engenheiro sempre me mantiveram calmo pelo rádio, me dizendo que eu até poderia diminuir um pouco o ritmo no final da prova para chegar até o fim. Graças a Deus conseguimos”, explicou o brasileiro.

O próximo compromisso de Pipo Derani será novamente nos Estados Unidos, onde ocorre a disputa das 12h de Sebring, também válida pela SportsCar. No Campeonato Mundial de Endurance, o primeiro desafio está marcado para 17 de abril, com a disputa das Seis Horas de Silverstone, na Inglaterra.

Foto: José Mário Dias



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.