Ronaldinho Gaúcho foi “quem mais se aproximou de Pelé”, diz Mário Sérgio

Inter
Reprodução/FoxSports

O Barcelona, do trio Messi, Suárez e Neymar, não para de encantar os amantes do futebol arte. No último domingo, a equipe massacrou o Celta de Vigo por sonoros 6 a 1, no Camp Nou. Durante o programa “Boa Noite Fox”, o comentarista Mário Sérgio foi questionado se o time catalão já é o maior que viu jogar. O ex-meia mostrou o seu encanto com o Barça, porém, se derreteu por um outro craque que passou pelo clube: Ronaldinho Gaúcho. Para ele, o meia, atualmente desempregado, foi quem mais se aproximou de Pelé.

LEIA MAIS:
Galvão Bueno narra a estreia do Corinthians na Libertadores 
De volta ao Globo Esporte, Fernanda Gentil diz: ‘parecia a primeira vez’ 

“Vai ser porque ganha a Liga dos Campeões, porque se não ganhasse diriam que o Campeonato Espanhol é muito fraco. Um time que se qualificou de uma tal forma, e ganhando Liga dos Campeões, competição mais difícil da Europa, você não pode questionar. Agora, o Ronaldinho, o que ele jogou em dois anos de Barcelona, foi o que se aproximou mais do Pelé. Na minha opinião. Jogou mais que o Messi. Pra mim”, opinou Mário Sérgio.

Ronaldinho Gaúcho chegou ao Barcelona em 2003 após passagem pelo Paris Saint-Germain. Viveu o seu auge na temporada 2004-2005 com os títulos do Campeonato Espanhol e da Supercopa da Espanha. Faturou ainda a Bola de Ouro da Fifa por dois anos consecutivos (2004 e 2005). O jogador conseguiu a proeza em ser aplaudido pela torcida do rival Real Madrid, no Santiago Bernabéu, após se destacar em clássico do Campeonato Espanhol de 2005. Deixou o Barça em 2008.

Foto: Reprodução/FoxSports



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)