Opinião: Marcelo Oliveira e seu esquema tático

Palmeiras x Linense
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

No mundo do futebol tudo muda rapidamente, principalmente o esquema tático de uma equipe, a moda agora é o 4-2-3-1 que Marcelo Oliveira ama usar e que deu certo em vários outros times, porém, no Palmeiras não funcionou.

Marcelo Oliveira assumiu o Palmeiras em 15/06/2015 e desde sua chegada implantou o esquema tático que usou no Cruzeiro e que deu certo, o famoso 4-2-3-1, contudo, no Verdão as falhas com esse esquema tático irrita os torcedores.

Em 2015 o Verdão foi campeão da Copa do Brasil, o que salvou o emprego do técnico, já que o time não jogava bem, não conseguia sair tocando da intermediária, erros de passes, sem compactação, triangulação no meio campo então…

Em 2016, estamos vendo uma melhora no Verdão, mas é bem pequena, o time melhorou sua saída de bola, mas não o suficiente. O Verdão ainda erra muitos passes, desequilibrado taticamente e sem compactação.

Analisando os jogos do verdão, percebemos falhas no posicionamento da equipe.

Percebe claramente que quando os pontas recebem a bola, existe um furo gigantesco no meio-campo, o que sempre atrasa o ataque da equipe

A compactação é muito importante nesse esquema, devido só ter um meia para ligação, o que não acontece no Verdão.

Quando os pontas estão muito abertos, o centroavante terá que voltar para buscar a bola devido a demora dos volantes em chegar a frente

A equipe demora demais para sair com bola, todos perceberam que se marcar os pontas o Palmeiras some, sem um armador, o Verdão sofre para criar jogadas

Triangulações é uma palavra que não existe no vocabulário do Palmeiras, pelo menos com o atual técnico, o que não acontecia com Oswaldo de Oliveira

O Palmeiras parece um time que não treina, tem tudo para ser o melhor do Brasil, pois montou um elenco para isso, todavia, não consegue mostrar a superioridade do elenco que tem em campo.

 



Sou Apaixonado por futebol desde criancinha, tento dar minha opinião de forma imparcial, mesmo que seja contra meu time de coração. Gosto de ver opiniões de outros torcedores com o que escrevo e falo. Dizem que sou um pouco polêmico por não ter papas na língua. Prezo pela verdade.