Mesmo após derrota, dirigente gremista cutuca o Inter

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

A noite não foi nada boa para a dupla Gre-Nal. Em casa, o Inter sofreu uma virada do Veranópolis por 2×1 e viu escapar por entre os dedos uma invencibilidade de 21 jogos no Beira-Rio. Fora, o Grêmio também perdeu de virada e ainda cometeu sucessivas falhas defensivas na derrota por 3×2 para o São Paulo, em Rio Grande.

LEIA MAIS:

Com direito a gol olímpico, São Paulo bate o Grêmio; veja os gols do jogo

Para o diretor de futebol do Grêmio, César Pacheco (foto), esse tipo de derrota ocorrida em Rio Grande acontece. E para justificar o seu argumento, o dirigente deu uma leve alfinetada no rival.

“Tem gente que perde em casa também”, disse, antes de lembrar que o próprio Grêmio havia perdido para o São José na Arena há duas semanas.

“Eu acho que até o momento que ganhávamos por 2 a 1 estava tudo bem. Depois, eu estava bem perto do gol: escanteio, bola baixa, bem difícil de fazer. O São Paulo fez uma Copa do Mundo, tem uma torcida maravilhosa que estava aqui. Então isso ajuda também”, acrescentou Pacheco.

Com a derrota, o Grêmio virou 4° colocado do Gauchão com 12 pontos. No próximo sábado, às 17h, o time recebe o Glória, de Vacaria, pela sétima rodada do estadual.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.