Mercado da bola – Muriqui deseja voltar ao Brasil: “Quero vencer no meu país”

Considerado uma das muitas promessas no futebol brasileiro há uma década, o atacante Muriqui nunca fez por aqui o que se esperava e, muitos menos, teve o sucesso que conseguiu no futebol asiático. Agora, quase 10 anos de muitas glórias do outro lado do mundo, ele quer voltar ao Brasil.

LEIA MAIS:
Renato Maurício Prado fica em saia justa após piada polêmica ao vivo
Brasileira que se destacou na São Silvestre é pega no exame antidoping
Vanderlei Cordeiro revela frustração nas Olimpíadas: “Queria a medalha de ouro”
Rogério Ceni revela que, sem Muricy Ramalho, jamais seria ídolo no São Paulo
Rafael Feijão perde mais uma luta e pode ser demitido do UFC

Com contrato de US$ 3 milhões (R$ 11,7 milhões) por temporada, válido por mais um ano e meio, Muriqui foi informado de que está fora dos planos do Al Sadd e não sabe onde jogará em 2016. Neste sentido, o seu desejo é jogar no seu país natal.

“Para me pagar o que eu ganho aqui, não. Eu teria que abrir mão de muita coisa. Eu tenho uma situação confortável financeiramente e, hoje, estou vendo mais meu lado profissional que financeiro. Minha esposa não quer voltar, viver aqui é muito melhor. Temos segurança, meu filho pode aprender outras línguas… Seria mais prático continuar aqui, mas tenho desejo no meu coração de voltar. Não sei se vou conseguir agora. Conquistei muita coisa na Ásia, coletivamente e individualmente. Tenho esse desejo de voltar. Quero ser campeão, brigar para ganhar a Libertadores, o Brasileiro. Creio que no futebol asiático eu venci, mas agora quero vencer dentro do meu país”, disse Murique em entrevista ao Globoesporte.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook