Mancha Verde sacode o Anhembi e fica perto do acesso

O Palmeiras anda bem dentro dos gramados e também fora deles. A Escola de Samba Mancha Verde, formada por torcedores do clube, desfilou no Grupo de Acesso do Carnaval de São Paulo e arrancou aplausos e cantos dos presentes.

LEIA MAIS:
Gabriel Jesus deve ir para o banco

Com o enredo falando sobre Mato Grosso, o abre-alas chamou a atenção pelo tamanho e diversos movimentos. A redação do Torcedores.com esteve presente na concentração onde ficam os carros alegóricos e nenhum outro estava parecido com o da Mancha. Dois jacarés, um tigre e vários animais se mexiam, além de luzes fortes ressaltando ainda mais a beleza da escultura.

A bateria também foi um dos aspectos positivos. Comandada pela primeira vez pelo mestre Thiago Costa, o ritmo da ‘Puro Balanço’ veio com tudo e levantou o Anhembi. O último carro, que tinha um espantalho dividido em duas cores, fechou a apresentação alviverde no sambódromo.

Assim que o portão fechou dentro do tempo, palmeirenses já gritavam “é campeã”. E, provavelmente, o acesso deverá vim após a apuração desta terça-feira.

Preocupação com a violência
No mesmo dia do desfile da Mancha, os sãopaulinos da Independente Tricolor também se apresentaram. Porém era possível ver palmeirenses e tricolores transitando sem problema algum em vários locais dentro e fora do Pólo Cultural. O abre-alas da Independente estava bem do lado onde passavam integrantes da Mancha. Nenhum problema e nenhum ato de violência ocorreu.

mancha2 mancha3



Thiago Gomes é Administrador de Empresas. Trabalha com estratégias digitais e consultoria de e-commerce. É palmeirense e um apreciador do futebol, tanto nacional quanto internacional. Escreve para site esportivo desde 1996.