Lugano defende Lucão e pede que torcida não vaie o zagueiro

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

A fase de Lucão não é das melhores. Depois de cometer o pênalti que permitiu o empate do Red Bull Brasil, na primeira rodada do Campeonato Paulista, o zagueiro falhou no lance que resultou no primeiro gol do Corinthians, no Majestoso do último domingo, vencido pelo Timão por 2 a 0. Diante da enxurrada de críticas, Lucão recebeu apoio de um dos líderes do elenco: Lugano. O uruguaio saiu em defesa de Lucão e pediu para a torcida esquecer a ideia de vaiar o zagueiro no duelo da próxima quarta-feira, diante do The Strongest, da Bolívia, pela abertura de fase de grupos da Libertadores.

Leia Mais: VEJA RONDA TER O CORPO PINTADO NOS BASTIDORES DA SESSÃO EM QUE A LUTADORA POSOU NUA
PRESA FÁCIL, SÃO PAULO NÃO VENCE CLÁSSICOS HÁ OITO MESES
CLUBE HOLANDÊS SUBSTITUI MASCOTES POR MODELOS SEMINUAS NO DIA DOS NAMORADOS. VEJA!

“O futebol é coletivo. Não acredito em vilão nem herói. É coletivo e todo mundo que entra no campo, o mais novo ou mais experiente, está exposto em fração de segundo a acertar ou errar. Faz parte do trabalho, por isso o futebol é tão diferente e tão lindo. Nesse caso específico, o Lucão é um menino novo, é do clube, titular do São Paulo, joga na seleção brasileira, profissional, competitivo, com muito compromisso. Se eu posso fazer com que o torcedor me escute, gostaria que o torcedor avalie o profissionalismo, o compromisso, caráter, coragem do menino de sempre ir para a frente e ir jogando, de assimilar um erro e nunca se esconder. Isso é valioso em um jogador, muito mais que um erro ou acerto. É uma fração de segundo que acontece e vai continuar acontecendo sempre”, pediu Lugano, em entrevista ao canal “SporTV”.

Além do equívoco no primeiro gol alvinegro, Lucão deixou Yago se desmarcar da marcação, deixando o zagueiro corintiano livre para marcar o segundo gol da partida.

Sem Lugano, que ainda aprimora a forma física, e com Breno tratando uma tendinite no joelho esquerdo, a tendência é que Lucão seja titular diante na partida contra The Strongest. Por isso Lugano pediu para quem for ao Pacaembu ter em mente que é preciso apoiar o time.

“Quarta-feira é um jogo importante, o time tem que começar vencendo. Precisamos do apoio da torcida, e o menino precisa do apoio da torcida. É um momento bom para o São Paulo, este ano, começar a se unir e ser forte em momentos ruins, como este, perder um clássico, que ninguém gosta. Time está sofrendo, isso é bom, que sofra uma derrota como a de ontem, mas também uma hora boa para a gente se unir, fechar filas e forças para olhar para frente e conseguir coisas importantes”, finalizou o beque.



Jornalista que gosta de boas histórias e grandes personagens, não importa se dentro ou fora de campo