Lucas Lima confirmou ter recusado proposta da China de R$4,6 milhões mensais

Chineses teriam oferecido 14 milhões de dólares anuais

Lucas Lima deu entrevista ao Programa Bola da Vez, do canal ESPN, veiculada nesta terça-feira, e confirmou ter recusado proposta milionária de clube chinês de cerca de R$4,6 milhões mensais. Leia a declaração.

LEIA MAIS

“Nosso time era muito melhor do o que o do Palmeiras”, diz Lucas Lima sobre final da Copa do Brasil

“Ganhei mais seguidores”, ironiza Lucas Lima sobre haters palmeirenses

Você sabia que o Santos nunca foi rebaixado? Saiba quais clubes estão neste seleto grupo

O meia Lucas Lima, do Santos, foi o convidado desta semana do programa Bola da Vez, do canal ESPN. Durante a entrevista, o jogador falou das propostas que recebeu na última janela de transferências e sobre ter recusado uma proposta milionária de um clube chinês, que o teria balançado. “A primeira proposta era de 8 milhões de dólares por ano e eles tinham um projeto: jogador da seleção recusou a Europa e foi para o futebol chinês. Balancei bastante, depois eles ainda subiram a proposta para 14 milhões de dólares anuais (o que corresponderia a aproximadamente R$ 4,6 milhões mensais).”, afirmou o meia santista.

Sobre os motivos que o levaram a recusar a proposta, o fato de continuar jogando em um clube que pode ser vitrine para a seleção brasileira seduziu o jogador. “Um dos motivos para ficar foi esse. Esse pedido de todos de que eu merecia uma chance na seleção. A proposta nunca tocou no meu coração, tomo mundo fala que sou louco por recusar esse dinheiro, mas acho que eu sonhava em construir uma carreira e chegar na seleção. Agora que conquistei não quero perder. O meu projeto para o futuro  é jogar em um clube grande da Europa. Também já estive perto de sair para o Porto, mas fui pelo meu coração e decidi seguir meu projeto de carreira.”, declarou o camisa 20.

Lucas Lima deixou claro, no entanto, que estará aberto a propostas de grandes clubes europeus na próxima janela de transferências.

Crédito da foto: Reprodução/Flickr