Leicester City, a grande surpresa do futebol mundial

Reprodução Facebook/Leicester City

Na última temporada da premier league, o Leicester City quase foi rebaixado.Time de pouca tradição e sem investimentos vultuosos, traçou para a temporada atual um objetivo nada ambicioso, qual seja, de permanecer na divisão de elite do futebol inglês. Para isso, contratou o atacante japonês Shinji Okazaki e o experiente técnico italiano Cláudio Ranieri.

Com passagens nada vitoriosas pela Inter de Milão, Juventus, Roma e Chelsea, o treinador veterano nunca se consagrou como campeão nacional, tendo conquistado em sua longa carreira tão somente a Copa da Itália e a Copa do rei.O fato é que, independentemente do desempenho da reta final do campeonato, o Leicester fez história.

A equipe lidera a competição com cinco pontos de vantagem sobre o segundo colocado e está bem próximo de garantir matematicamente a vaga da Champions League, feito impensável até mesmo para o mais otimista torcedor.

Diferentemente do campeonato brasileiro, a disparidade econômica entre os times da primeira divisão inglesa é impressionante. Arsenal, Chelsea, Manchester United, Liverpool e Manchester City têm em seus elencos grandes estrelas do futebol mundial, inclusive,esquentando o banco de reservas. Imaginar que um time como o Leicester esteja liderando a competição é surreal.

Para se ter ideia, o Tottenham Hotspur, ao se classificar para a Champions League e eliminar o Milan nas fases eliminatórias, foi ovacionado pela imprensa inglesa, mesmo contando, na época, com Modric, Bale e Van der Vaart. Enquanto o atual líder da competição, não conta com nenhuma estrela do futebol mundial, tendo como destaque o atacante inglês Jamie Vardy, atual artilheiro do campeonato, que aos 29 anos de idade, conta com passagens em somente em equipes de pouca expressão da Inglaterra.

O que mais espanta os analistas é que Leicester não é um time retranqueiro e nem joga um futebol desleal, pelo contrário, joga bonito, tem o time organizado e tem levado a melhor nos confrontos diretos na briga pelo título.

Por tudo isso, o modesto time é aplaudido não apenas na terra da rainha, mas sim pelo mundo todo.