Kobe revela conselhos de Michael Jackson para superar críticas: “Não mude”

Getty Images

Esta temporada da NBA tem sido muito especial para Kobe Bryant. O ala do Los Angeles Lakers já anunciou que este será seu último ano como profissional. A sua despedida tem rendido grandes e históricas imagens, como quando Kobe foi ovacionado no último All Star Game. Aproveitando que o astro vai encerrar a carreira, o canal americano HBO passou um documentário sobre o astro, que defendeu o Lakers por 20 anos. No programa, Kobe faz questão de relembrar sua amizade com Michael Jackson. Segundo o astro da NBA, o cantor foi uma espécie de mentor de Bryant, a quem ajudou a superar as enxurradas de críticas recebidas.

Leia Mais: VEJA RONDA TER O CORPO PINTADO NOS BASTIDORES DA SESSÃO EM QUE A LUTADORA POSOU NUA

“Começou a chover críticas porque eu era muito tímido e levava o basquete muito a sério. Então Michael entrou em contato comigo e falou ‘Não mude seu jeito por causa do que os outros falam. Mantenha a concentração. Se você quer ser um dos melhores da história, te que se espelhar no que os melhores fizeram. Tem que se dedicar de forma obsessiva ao que você faz e como você faz’”, revelou Kobe.

O conselho do Rei do Pop para Kobe aconteceu em 1998, quando o jogador tinha apenas 18 anos e passava por uma instabilidade na carreira. A ligação fez com os dois estabelecessem uma relação de amizade.

Quando o cantor morreu, em 2009, Kobe escreveu um artigo na revista americana “Times”.

“Michael me disse que não era para eu ter medo de ser diferente. Que as pessoas tratariam de me converter em uma pessoa ‘normal’, mas que eu deveria seguir fazendo as coisas da minha maneira. Maior que sua genialidade musical, era uma pessoa boa, de um modo genuíno. Fez-me assistir filmes que eu nunca tinha visto, me ofereceu seu rancho para o meu casamento. Era uma boa pessoa, além de ser excepcionalmente brilhante”, escreveu o jogador, na ocasião.

Com cinco títulos conquistados na NBA, além dos inúmeros prêmios individuais, como as duas vezes em que foi o MVP (jogador mais valioso) das finais do torneio em 2009 e 2010, Kobe mostra que os conselhos do Michael Jackson serviram para que o jogador mantivesse seu foco.



Jornalista que gosta de boas histórias e grandes personagens, não importa se dentro ou fora de campo