Jornalista faz post polêmico sobre uniformes do Galo e é acusado de machismo

crédito: reprodução/facebook

O lançamento dos novos uniformes do Atlético Mineiro sofreu muitas críticas nesta terça-feira (16/02). A polêmica girou em torno das modelos que apresentaram os uniformes femininos vestindo apenas a nova camisa e roupas íntimas na parte de baixo, o que foi taxado como apologia ao machismo.

A atitude revoltou muitos internautas e torcedores. Alguns jornalistas também se posicionaram. O comentarista Mario Marra, dos canais ESPN, por exemplo, mostrou seu repúdio à ação no programa Bate-Bola classificando-a como desnecessária. (você pode ver o que o jornalista falou clicando aqui)

Já o jornalista Rica Perrone, entretanto, arrumou mais polêmica ao comentar o assunto. Em sua conta no facebook, Perrone postou a foto das modelos desfilando somente com a calcinha e com a camisa do Atlético Mineiro com a legenda: “Enfim entenderam o publico alvo do futebol. So falta agora tirar os caras de cueca deitados dos anuncios de cueca”.

Enfim entenderam o publico alvo do futebol. So falta agora tirar os caras de cueca deitados dos anuncios de cueca.

Publicado por Rica Perrone em Segunda, 15 de fevereiro de 2016

A postagem foi alvo de muitas críticas de mulheres e homens, que acusaram Rica Perrone de ser machista. Perrone se justificou em diversas respostas, muitas com ofensas às pessoas que o acusaram de machismo. Em um de seus muitos comentários, Rica Perrone foi agressivo e chamou alguns críticos de burros. A polêmica aumentou quando outros internautas defenderam o posicionamento de Rica, acusando os críticos de estarem “cheios de mimimi”.

Horas mais tarde, o jornalista fez uma outra postagem, justificando seu comentário anterior. Segundo ele, o post foi direcionado ao público-alvo de seu blog, majoritariamente composta por homens. Este post também gerou muita polêmica e bate-boca com muitas mulheres e homens. O jornalista não se desculpou e manteve o seu posicionamento.

E você? Acha que Rica Perrone foi machista em seu comentário?

Aula base pra débil mental analfabeto que não sabe a diferença entre o que lê e o que interpreta pra fazer mimimi na…

Publicado por Rica Perrone em Segunda, 15 de fevereiro de 2016



Paulistano, 27 anos, deixou a publicidade e o marketing esportivo para ingressar no jornalismo e conseguir cobrir grandes eventos esportivos. Apaixonado por esportes olímpicos e futebol americano, sonha em estar no Rio de janeiro em 2016 para cobrir os Jogos Olímpicos in loco.