Exclusivo: Pentacampeão de fisiculturismo reclama de falta de apoio: “acham que é só droga”

Foto: José Domingos de Paula

A reportagem do Torcedores.com foi entrevistar o pentacampeão brasileiro de fisiculturismo na categoria acima de 40 anos, José Domingos de Paula, em sua academia em Cotia, em São Paulo. O pentacampeão brasileiro contou sobre a sua trajetória dentro deste esporte, além de dar uma série de dicas para quem está começando a malhar e falar ainda sobre temas polêmicos. Confira!

LEIA MAIS:
Lenda do fisiculturismo posta vídeo em cadeira de rodas e choca fãs

José Domingos está com 48 anos, é pai de três filhos, e casado com Sonia Maria de Oliveira. Ele começou a treinar aos 19 anos.

Torcedores.com: De onde surgiu a sua vontade de ser fisiculturista?

José Domingos de Paula: Eu sempre tive vontade de entrar para o fisiculturismo, sempre quis saber como as pessoas conseguem um corpo forte e robusto.

Torcedores.com: De quantos anos você precisou para poder conquistar o seu primeiro título como fisiculturista?

José Domingos de Paula: Depois de 10 anos de treino eu conquistei o meu primeiro título como fisiculturista.

Torcedores.com: Como você fazia para se manter treinando?

José Domingos de Paula: Eu sempre tive o objetivo de treinar, então eu trabalhava fora em industrias e fábricas para poder ter o dinheiro e conseguir me manter na academia, pagar as mensalidades e, sempre que eu conseguia, tirava um pouco do meu dinheiro para poder investir no meu corpo.

Torcedores.com: Qual é a maior dificuldade dentro do fisiculturismo?

José Domingos de Paula: O investimento. A gente precisa de dinheiro para conseguir manter a alimentação.

Torcedores.com: Por que você nunca fez um canal no YouTube para poder divulgar a sua imagem, dar dicas e ajudar as pessoas que treinam e possuem algum objetivo?

José Domingos de Paula: Geralmente quem tem esse tipo de canal já ganhou algum título internacional e não precisa mais de muito tempo para se dedicar em ganhar títulos maiores. Eu ainda estou buscando este título. Por exemplo, eu miro muito o mundial, e para conseguir eu preciso correr atrás, me dedicar o máximo. Depois que eu conseguir, ai sim posso pensar em lançar um canal.

Torcedores.com: Há alguma ajuda do governo ao fisiculturista, há algum suporte?

José Domingos de Paula: Olha, o governo até que ajuda, porque existe a federação, mas como esse esporte aqui no Brasil é amador, a federação não quer nem saber, o que ela quer saber é que o atleta esteja lá pagando a inscrição para ela. Sendo assim, não temos nenhum tipo de suporte.

Torcedores.com: Por que o fisiculturismo aqui no Brasil é tratado como amador?

José Domingos de Paula: Para você ser tratado como profissional no Brasil, você precisa ir atrás dos títulos internacionais. Só assim você batalha em cima do profissionalismo, pois quando você só fica no Brasil, praticamente é tratado como um amador. Porque não há nenhum suporte, eles fecham muito a cara para este esporte com a justificativa de que isso aqui é só droga, não é só droga, há outros fatores atrás de tudo, e esses são a alimentação e o investimento”.

Torcedores.com: Como é a sua parceria com a Probiótica?

José Domingos de Paula: A Probiótica é muito importante para mim, pois é por causa dela que venho competindo, ela me ajuda muito no meu investimento, que é o mais difícil na vida do atleta, a suplementação é muito cara e a minha patrocinadora me dá uma cota boa de suplementos por mês. Eu dou o retorno através da minha imagem e dos títulos.

Torcedores.com: Quanto você gasta com alimentação por mês?

José Domingos de Paula: Em média, dois mil reais.

Torcedores.com: Qual o tamanho do orgulho que você tem de ser o maior campeão brasileiro de fisiculturismo na sua categoria?

José Domingos de Paula: Orgulho imenso, é muito difícil conseguir isso, há muitos atletas bons que estão correndo atrás e ainda não conseguiram, é bastante esforço meu, pois a gente não tem apoio nem aonde a gente mora, corremos atrás da prefeitura eles fazem ‘vista grossa’.

Torcedores.com: Você conseguiu organizar um Campeonato Paulista aqui em Cotia, qual foi a importância disso?

José Domingos de Paula: A importância é que a gente divulga o esporte, as pessoas começam a ver como é realmente o esporte, porque só vendo para saber, pois quando não sabem, todo mundo ‘mete o pau’, no entanto quando a pessoa vê, ela passa a ajudar e apoiar. Isso é qualidade de vida, você investe na sua saúde, o trabalho na academia é a melhor medicina que tem.

Torcedores.com: Recentemente, o Ronnie Coleman passou por uma cirurgia na coluna e ele disse que esse problema foi decorrente do que ele fazia na academia, o que você tem para falar sobre isso?

José Domingos de Paula: Realmente, quando a gente busca uma competição maior, o nosso esforço físico às vezes ultrapassa o que podemos fazer e acaba causando alguns problemas inesperados. Porém isso só ocorre quando há o exagero, nós fisiculturistas quando vamos para alguma competição, precisamos ir até o  máximo do esforço para chegar ao melhor possível e com isso podem acontecer esses problemas.

Torcedores.com: Qual o seu principal diferencial em relação aos seu concorrentes?

José Domingos de Paula: A genética, tenho uma boa genética e trabalho muito em cima dela.

Torcedores.com: Você está em período de preparação para o Brasileiro que acontece em maio, como funciona a sua alimentação e suplementação neste momento?

José Domingos de Paula: Quando eu entro na preparação, muda tudo, é uma dieta extremamente regrada, pois trabalho muito em cima da qualidade e sempre busco manter o volume. Obtenho mais ou menos 300 a 500 gramas de proteínas e carboidratos por dia, e faço de seis a sete refeições por dia. A minha suplementação dobra neste período.

Torcedores.com: Você já esteve em um Mundial, o Arnold Classic realizado no Brasil, fale sobre essa experiência. E o que você acha que faltou para você ter saído de lá vitorioso?

José Domingos de Paula: Para mim foi o meu auge, um campeonato do Arnald que eu admiro muito, eu nunca imaginei na minha vida participar de um campeonato desse. O que faltou foi o investimento, é um campeonato internacional, precisava de mais investimento, de ajuda.

Torcedores.com: Ainda existe muito a questão do preconceito, muitos dizem que o ganho de vocês fisiculturistas é apenas por causa de anabolizantes, como você reage a isso?

José Domingos de Paula: Falta cultura para as pessoas, é preciso ler sobre, precisa ter noção do que passamos, mesmo que o atleta use, ele tem um grande trabalho por trás disso, quem só usa o anabolizante, não vai a lugar algum.

Torcedores.com: Alguma vez você pensou em desistir?

José Domingos de Paula: Não, nunca, jamais pensei em desistir.

Torcedores.com: Qual a sua dica para as pessoas que estão começando a treinar agora e também para quem está na luta por um titulo?

José Domingos de Paula: Treine, é a melhor medicina que existe. Para quem quer competir, não desista, sempre busque pessoas que sabem mais e procure aprender.

Torcedores.com: O que não pode falta na suplementação de todos que treinam?

José Domingos de Paula: Whey e BCAA, é o carboidrato e a proteína, essencial para todos.

Torcedores.com: Tendo a oportunidade, quais seriam as pessoas importantes na sua vida de fisiculturista, para as quais você gostaria de agradecer?

José Domingos de Paula: Minha esposa, meus amigos que me ajudaram, Chico, Pato essas são pessoas que me ajudaram desde o inicio.,

Torcedores.com: Qual mensagem você deixa para os leitores?

José Domingos de Paula: Viva, quando você procura cuidar de si, você tem mais tempo de vida e está apito a tudo, a sua família, amigos e a todos.

Veja algumas fotos do pentacampeão brasileiro de fisiculturismo:

Crédito da Foto: José Domingos de Paula
Crédito da Foto: José Domingos de Paula
Crédito da Foto: José Domingos de Paula
Crédito da Foto: José Domingos de Paula
Foto: José Domingos de Paula
Foto: José Domingos de Paula
Crédito da Foto: José Domingos de Paula
Crédito da Foto: José Domingos de Paula
Crédito da Foto: José Domingos de Paula
Crédito da Foto: José Domingos de Paula