Ex-atacante Hakan Şükür pode ser preso por insultos a presidente da Turquia

Crédito da foto: Reprodução/ Facebook oficial Hakan Şükür

Ex-estrela turca, Hakan Şükür utilizou a rede social Twitter para ofender Recep Tayyip Erdoğan, e agora passará por um tribunal em Istambul. Segundo a agência Anatolian, Şükür pode ficar detido por até quatro anos.

LEIA MAIS:
Jogador pega cartão vermelho, mostra para árbitro e acaba expulso; assista

A estrela da Turquia semifinalista da Copa de 2002 está passando por maus bocados em seu país. Hakan Şükür está sendo acusado de insultar o presidente Recep Tayyip Erdoğan e seu filho Bilal Erdoğan através de sua conta pessoal no Twitter.

O ex-atacante, que em 2002 fez o gol mais rápido da história das Copas do Mundo contra a Coreia do Sul em apenas 10,8 segundos, se aposentou em 2008, e desde lá se aventura na política, quando ingressou em um partido conservador islâmico, que o próprio Erdoğan foi co-fundador.

Hakan deixou o partido em 2013 e se tornou um dos maiores críticos ao governo local. Os supostos tweets de Şükür são de fevereiro de 2015 e não estão mais disponíveis em sua conta.