Euro 2016 – Inglaterra: Favorita como nunca, zebra como sempre

Crédito: Facebook oficial England Football Team

A seleção inglesa chega à Eurocopa como uma das favoritas. O time vem credenciado com uma campanha de 100% nas eliminatórias. O time jovem será capaz de levar os ingleses de volta ao primeiro lugar?

A última boa campanha em uma Eurocopa foi em 1996, quando foi às semis e perdeu para Alemanha, em casa, em um jogo muito lembrado pelos torcedores.

Leia Mais

França: Fator casa para repetir 1998

Espanha: Ainda dá para confiar na Seleção Espanhola

Alemanha: Em busca do padrão da Copa

Itália: o que esperar da Squadra Azzurra, título ou decepção?

Em 2016, o English team, comandado por Roy Hodgson e liderados por Wayne Rooney tentam quebrar um tabu de 50 anos. E para isso a equipe tem uma geração promissora e que quer apagar a fama de zebra:

Ao lado de Rooney teremos: Jamie Vardy, Raheem Sterling, Daniel Sturridge, Harry Kane, Adam Lallana, Danny Walbeck, Delle Ali, Jack Wilshere, Andy Carroll e Milner que tentarão levar a Inglaterra a encerrar um jejum de 50 anos sem conquistar um campeonato.

O time tem como base aquele que foi para Copa de 2014 e não foi bem. Mas a imprensa, torcedores e os próprios jogadores consideravam a equipe ainda crua. Nas eliminatórias passaram sem dificuldades e mantiveram 100%.

A imprensa inglesa, apesar de confiante, não enxerga o time como um dos favoritos. Acreditam que a equipe deve estar pronta apenas na Copa de 2018. Os jogadores são jovens.

Porém, cabe ressaltar que todos são titulares em suas equipes e que jogam jogos e campeonatos importantes, portanto, estão aptos a enfrentar seleções tradicionais, assim como a Inglaterra.

A verdade é que os jogadores querem apagar a impressão de “amarelão” que a equipe inglesa tem. Sempre que vai para alguma competição, desde 1998, o time é considerado favorito, mas na hora “H”, falha.

A geração de Beckham, Gerrard, Lampard, Owen foi marcada pelo fracasso, e Rooney quer tirar esse estigma nas costas, e tem tudo para fazê-lo nesta Euro.

O time inglês vem de vitória em cima da França, na França. Isso deu maior credibilidade aos ingleses, que sonham em levantar a Euro.

Cabe ao treinador Roy Hodgson conseguir trabalhar o psicológico do time, para não se abalar nas adversidades.

Time a Inglaterra tem, resta saber se vão conseguir fazer o time jogar a bola que sabe e tentar acabar com a escrita de nadar, nadar, nadar e morrer na praia.

Crédito: Facebook oficial England Football Team



Jornalista. Gosta de abordar sobre futebol e às novidades do mundo na fórmula 1. Atualmente é analista de mídia para Honda S.A.