Entenda como Roger Machado ajudou Argel na visão do próprio técnico colorado

Roger
Foto: Lucas Uebel/ Grêmio FBPA

Argel Fucks só é o treinador do Internacional porque Roger Machado é o comandante do Grêmio. A análise é do próprio técnico colorado, que disse que a sua contratação em agosto do ano passado foi influenciada pelo bom trabalho realizado pelo rival. Assim como Argel era ex-jogador do Inter, Roger foi atleta do Grêmio e construiu uma bonita história no tricolor.

LEIA MAIS:

Argel Fucks ironiza a contratação do equatoriano Miller Bolaños pelo Grêmio

“Tive recentemente uma conversa com Roger. E disse a ele que eu só fui contratado pelo Internacional porque ele era o técnico do Grêmio. Se o Grêmio ainda fosse treinado pelo Vanderlei Luxemburgo, o Inter iria buscar o Sampaoli”, frisou Argel Fucks.

Argel ainda relembrou a opção do São Paulo em contratar Doriva no segundo semestre do ano passado. De acordo com o técnico colorado, o modelo utilizado pelo tricolor do Morumbi foi inspirado nos dois gigantes do Rio Grande do Sul, que, àquela altura, também apostavam em ex-jogadores identificados com o clube como técnicos. Doriva, no entanto, acabou tendo resultados ruins logo em sua chegada e durou pouco tempo no clube.

No duelo particular, Argel está na frente de Roger Machado. No único Gre-Nal jogado entre os dois já como técnicos, o Inter venceu por 1×0 no segundo turno do Brasileirão do ano passado, no Beira-Rio, com gol de Vitinho. O próximo encontro está marcado para o dia 6 de março, na Arena, em clássico válido tanto pela primeira fase do Gauchão como pela Primeira Liga.

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio FBPA

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.