Em 2010, em sua volta ao Brasil, o levantador Ricardinho dizia não a seleção; relembre

Crédito da foto: Reprodução/ Sportv

O levantador campeão olímpico com a seleção brasileira, Ricardinho fez o seu retorno ao Brasil, para fechar contrato com o time de Araçatuba, o famigerado Vôlei Futuro.

LEIA MAIS:
Opinião: “caçulas” Esporte Interativo e RedeTV! tratam o voleibol como profissional

Com a expectativa de saber sobre suas reais pretensões no vôlei ‘Brazuca’, foi perguntado, se haveria algum plano em retornar a seleção. Ricardinho foi enfático: “Já tinha tudo acabado, há 3 anos atrás. Tinha como objetivo disputar a Liga Mundial, mas como não houve a convocação, entendo que o meu ciclo acabou.”

Curiosamente, passados dois anos, com a campanha vitoriosa do seu time, “Vôlei Futuro”, na conquista do Paulista e o vice da Superliga, voltaram os rumores sobre a sua volta à seleção.

Nunca houve uma informação oficial se a mudança de planos ocorreu por uma suposta conversa entre Bernardinho e o atleta, ou se o clamor popular ajudou em suas decisões, como fator motivacional, para jogar novamente pela seleção brasileira.

Em 2012, Ricardinho foi convocado para as Olimpíadas de Londres, levando a seleção canarinho ao vice-campeonato.