Edinho dá a receita para o Grêmio sair com um bom resultado do México

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Após 15 horas de uma desgastante viagem, o Grêmio já se encontra no México e começa a se preparar para o confronto contra o Toluca, na quarta-feira, em partida que marca a estreia das duas equipes na fase de grupos da Libertadores. A ideia de chegar quatro dias antes partiu do desejo da comissão técnica em aclimatar os jogadores a uma altitude de 2,6 metros. Para o volante Edinho, o Grêmio deve tirar proveito disso.

LEIA MAIS:

Pelo Instagram, Valdívia presta homenagem a Alex: “Paizão”

“A altitude acaba atrapalhando um pouco sim. Mas eu acredito que o Grêmio fez muito bem em vir antes. Até para a gente poder pegar bem essa batida na bola. Faz muita diferença uma bola parada. Pode definir. Nós temos que treinar muito essas jogadas”, disse o volante, que será titular no duelo contra o Toluca.

Ao mesmo tempo, o volante tratou de minimizar a derrota da última sexta-feira. No 100° jogo da Arena, o Grêmio acabou surpreendido pelo São José, que fez 2×0 e somou mais três pontos no Campeonato Gaúcho. Na visão de Edinho, o tricolor teve uma “noite ruim”.

“Foi uma noite ruim. A gente brincava na pré-temporada que se fosse para acontecer, que fosse logo na estreia. Mas passou e agora é Libertadores, o tão sonhado momento. Tomara que a gente vá bem”.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.