Deivid celebra vitória apertada do Cruzeiro: “Tivemos humildade”

O Cruzeiro bateu o Tupi por módicos 1 a 0 no último domingo. O resultado não veio com futebol vistoso, mas garantiu a segunda posição à Raposa, só atrás do rival Atlético, na tabela do Mineiro. Dessa maneira o treinador Deivid elogiou o time, mesmo com o placar apertado.

“Pelas peças que nós temos não conseguimos jogar defensivamente, apenas ofensivamente. Então, tem que ter humildade, dar um passo para trás, mudar o sistema e jogar como a gente vinha jogando”, analisou Deivid, citando suas mudanças durante o jogo.

“Pelas circunstâncias do jogo, tive que mexer durante a partida. Botei o Élber e o Alisson abertos, e o Rafael mais centralizado, para que a gente pudesse ter mais poder ofensivo”, continuou.

Arrascata foi outro que entrou durante o jogo e foi dele que saiu a jogada do gol de Élber.

“Quando você joga contra um time pequeno, que vem com 11 atrás, tem que ter paciência. Falei isso durante a semana, que teríamos 90 minutos para fazer o gol. Sabíamos que o Tupi viria jogar por uma bola. Acho que a paciência prevaleceu. Fomos mais fortes no segundo tempo. O importante foram os três pontos”, disse Deivid.

“Quando você muda um conceito, é difícil, você não tem tempo, um mês e meio, como na Europa. E a gente vive de resultados, é a nossa cultura”, finalizou o técnico.

O Cruzeiro volta a campo já no meio de semana, na quarta-feira, mas pela Primeira Liga, contra o Fluminense, também no Mineirão.



Jornalista esportivo.