Defederico revela ameaças de morte feitas por torcida do Independiente

O Clube Atlético Independiente atravessa uma fase preocupante, bem como o seu ex-jogador, Matias Defederico, que jogou pelo maior campeão da Libertadores de America entre 2010 e 2012.

O meia que chegou a jogar no Corinthians, solicitou judicialmente a falência do clube sediado em Avellaneda devido a uma dívida que a instituição tem com ele desde 2011 e esse fato não caiu bem junto à torcida do clube, que tem feito ameaças a ele e aos seus familiares.

“(Algumas pessoas) tem me ligado para me ameaçar”, disse o atleta, revelando que sua esposa, a modelo Cinthia Fernandez também tem sido alvo de telefonemas ameaçadores, em que foi dito que o casal receberia “balas para vocês e família”.

Matias deixa claro que sua paciência com a indefinição deste assunto parece ter chegado ao fim.

“Faz cinco anos que estou preso neste assunto. Sempre fui paciente, tive boa vontade, mas parece que do lado deles não houve isso”, frisou em entrevista à emissora TyC Sports. “No começo, chamei (Javier) Cantero, pois precisava do dinheiro. No começo ele respondia e depois não. Aí os advogados entraram em ação. No ano passado a diretoria do Independiente chamou meu advogado para conversar, mas nunca tive novidades a este respeito. Muitos jogadores daquela época cobraram, mas só comigo teve problemas”, falou o atual atleta do San Marcos de Arica (Chile).

“Ganhei (o processo) na justiça. Quis resolver em bons termos, mas Cantero nunca me respondeu”, concluiu.

Foto: Reprodução Twitter TyC Sports