Cruzeiro deve receber 30 milhões com patrocínios na camisa em 2016

Foto: Washington Alves/Light Press

O Cruzeiro espera se reerguer em 2016 para esquecer a temporada passada, quando o clube chegou a brigar contra o rebaixamento. Longe dos holofotes e buscando reconstruir o mesmo projeto que possibilitou ao time a conquista do bicampeonato brasileiro, a Raposa deve receber 30 milhões com patrocínios na camisa neste ano para isso.

LEIA MAIS:
Mercado da bola 2016: Cruzeiro e São Paulo tentaram o empréstimo de Lucas Silva

A parceria com a Caixa Econômica, que estampa a área máster da camisa, vai render R$ 12,5 milhões. O patrocínio com a Vilma Alimentos, nas mangas, R$ 7 milhões. A marca da Tim estampada nos números rende mais R$ 6 milhões para os cofres do clube, enquanto a parceria com o Supermercados BH rende mais R$ 5 milhões.

Confira a porcentagem que cada patrocínio representa para o Cruzeiro:

Reprodução
Reprodução