Corinthians tem sequência de azar após ‘torcida’ de Mick Jagger

vilões
Getty Images

Após Mick Jagger ter declarado torcer para o Corinthians, coisas tenebrosas tem acontecido com o Timão. Será que o clube de Parque São Jorge é a mais nova vítima do “pé frio” do vocalista dos Rolling Stones?

LEIA MAIS:
Elias deve desfalcar Corinthians por até 6 semanas

O Torcedores.com trouxe para o leitor no último dia 19, a declaração de Mick Jagger de que no Brasil torce para o Corinthians. De lá para cá, o Timão não venceu mais, — e teve que ralar para empatar nos últimos dois jogos onde esteve no total três vezes atrás no placar — sofreu com uma série de lesões, entre outros acontecimentos que merecem a atenção.

Já no domingo, dois dias após a declaração de Mick Jagger, o Corinthians perdeu o seu aproveitamento de 100% na temporada. O empate de 2 a 2 com a Ferroviária veio com muito custo, após o adversário estar duas vezes a frente no placar.

Segunda-feira (22) foi divulgado pelo departamento médico do alvinegro que Elias (com uma fissura na perna) irá desfalcar a equipe por no mínimo seis semanas. As lesões não param por aí. O goleiro Cássio com lesão muscular na coxa também desfalcou o Timão já no jogo desta quarta (24). Ainda tem o meia Marlone (tornozelo) que ficará fora por 1 mês.

Não bastasse a série de lesões no Timão, ainda houve a queda de parte do teto da entrada principal da Arena. Quarta-feira (24), o torcedor corintiano se assustou com uma nova bomba no Parque São Jorge. O Corinthians não renovou sua parceria de patrocínio com a CAIXA. Embora tudo já encaminhasse para este desfeche, há quem diga que a estadia do rolling stone no Brasil, sacramentou o final do acordo entre as partes.

Após um novo empate — com um gol salvador de André no finalzinho da partida contra o São Bento — o Corinthians segue sem vitórias após a “secada” do “pé frio” Mick Jagger.

Resta agora saber se a má fase associada ao azarão irá acabar quando a turnê do roqueiro no Brasil terminar. Para desespero dos corintianos, o Rolling Stones ainda tem mais dois shows no país e só deve ir embora após o dia 4 de março.

A fama de pé-frio de Mick Jagger em relação ao futebol surgiu nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2010, disputada na África do Sul, quando ele foi assistir o jogo entre Gana e Estados Unidos. O líder dos Stones disse que iria torcer para o time norte-americano e os africanos venceram por 2 a 1. Ainda pela mesma fase, ele foi ver Inglaterra e Alemanha, e o time inglês foi arrasado pelos alemães por 4 a 1.

Getty Images