Andrés Sanchez impediu demissão de filho de Lula no Corinthians

Foto: Reprodução/SporTV

Desde quando o presidente Mário Gobbi chegou ao Corinthians, em 2012, o ex-mandatário já estava certo que mandaria o filho do ex-presidente da republica, Lula, o Luís Cláudio Lula da Silva, embora do departamento de marketing. Mas André Sanchez impediu que fosse demitido, conforme revela o “Blog do Juca Kfouri”.

LEIA MAIS:
MERCADO DA BOLA 2016: AL SAAD TENTA O RETORNO DO ATACANTE EMERSON SHEIK

Antes de Sanchez retornar a diretoria corintiana, o dirigente estava no comando da operação da Arena Corinthians. Andrés alegava que se tratava de uma “indicação política”, por isso o filho de Lula seguiu no departamento de marketing corintiano.

Mesmo sem trabalhar muito no marketing corintiano, Luís Cláudio também trabalhou como auxiliar de preparação física no São Paulo, no comando do ex-presidente Juvenal Juvêncio que também é fã do presidente Lula. Além de ter trabalhado no Palmeiras e Santos, que foi levado pelo Vanderlei Luxemburgo e Timão pelo Sánchez.

Ainda de acordo com o blog do Juca Kfouri, Luís Cláudio teria ficado dois anos no Corinthians, no marketing corintiano ao receber R$ 20 mil por mês. Em 2011, o próprio filho de Lula teria organizado um jogo de futebol americano entre Corinthians e Vasco.



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com