Você sabia que Garrincha criou o grito de “olé” no futebol?

Há exatos 33 anos faleceu o maior ponta direita da história do futebol mundial: Garrincha. Nascido na cidade de Magé (Baixada Fluminense), no bairro de Pau Grande, no Rio de Janeiro, Manuel dos Santos tinha tudo para dar errado, mas o destino e os Deus do futebol lhe deram um talento excepcional.

LEIA MAIS:
Jade Barbosa posta foto com atletas do Brasil e dos EUA e ganha elogios; confira
Roberto Carlos revela que fez um brincadeira ao falar do interesse do Real Madrid em Neymar
Cristiano Ronaldo revela o segredo de Zidane no Real Madrid: “Gostamos mais dele”
Conheça a modelo Nataly Rincón, o novo affair de Cristiano Ronaldo
Ex-aliado da CBF, Ronaldo detona cartolas: “O futebol está nas mãos de quem não é a favor dele”

Com jeito de menino e as pernas tortas que sempre deixavam seus adversário malucos, Garrincha fez do futebol um esporte muito mais alegre e também se tornou o responsável por algumas coisas que o futebol mundial tem hoje em dia. Confira:

O grito de “Olé”: Segundo João Saldanha, no livro Histórias do Futebol, o grito de olé surgiu com Garrincha. Em uma amistoso do Botafogo contra o River Plate, o talento de Garrincha impressionou o público presente e fez criar o grito de “olé”: “Toda vez que Mané parava na frente de Vairo, os espectadores mantinham-se no mais profundo silêncio. Quando Mané dava aquele seu famoso drible e deixava Vairo no chão, um coro de cem mil pessoas exclamava: ‘Ô ô ô ô ô ô-lê!’. Foi ali, naquele dia, que surgiu a gíria do ‘olé’. As agências telegráficas enviaram longas mensagens sobre o acontecimento e deram grande destaque ao ‘olé’. As notícias repercutiram bastante no Rio e a torcida carioca consagrou o ‘olé'”, escreveu Saldanha.

Glauco Costa é colaborador do Torcedores.com. Siga ele no Twitter:

@GlaucoCosta0307

Crédito da foto: Reprodução/Facebook