Valdívia pode retornar ao Palmeiras? Veja por que a negociação é quase impossível

César Greco/Agência Palmeiras

No último dia do ano de 2015, o torcedor do Palmeiras levou um susto ao acordar e ver uma publicação dos presidentes da Crefisa ao lado de Jorge Valdívia. Será que o chileno estaria negociando seu retorno ao clube Alviverde ou o post foi apenas uma alfinetada no presidente Paulo Nobre?

LEIA MAIS:
 Volta? Veja o que a torcida do Palmeiras pensa sobre um possível retorno do Valdívia
Teoria da conspiração: Jean estaria enrolando o Palmeiras para acertar com o Corinthians?

Listamos alguns motivos que mostram que, apesar do maior sonho dos presidentes da Crefisa ser o retorno no Mago, existem muitas barreiras para quebrar antes de uma possível negociação.

Pra começar, segundo o jornal Folha de S.Paulo, José Roberto Lamacchia e Leila Pereira conversaram sobre a possibilidade do meia retornar ao Alviverde em 2016, mas como as conversas estão no início, nada de oficial chegou aos clubes – Palmeiras e Al-Wahda.

Financeiramente, a negociação não seria tão complicada, uma vez que a Crefisa arcaria com todos os gastos.

Se as negociações avançaram, os donos da patrocinadora do Verdão vão precisar convencer Paulo Nobre a aceitar o chileno novamente, lembrando que o clube propôs uma renovação de contrato que foi recusada pelo jogador. A proposta de R$ 120 mil fixo mensal + R$ 60 mil por partida realizada na época, não agradou o meia, que constantemente desfalcava o time por causa de frequentes lesões.

Após deixar o clube, Valdívia demonstrou chateação com a diretoria do clube, e alegou que se eles realmente quisessem sua permanência, ele teria renovado. Ou seja, a relação entre o jogador e a diretoria do Palmeiras não é das melhores possíveis.

Além dos problemas de relacionamento, Valdívia não seria visto como um bom reforço ou investimento, já que na sua segunda passagem pelo Palmeiras, o mago desfalcou a equipe em 57% dos jogos, na sua maioria por lesão. Aos 31 anos, dificilmente o clube conseguiria negociar o jogador futuramente.

É preciso considerar também, o desejo da torcida, e levar em consideração que boa parte dela rejeitou um possível retorno do jogador ao clube.

Vale destacar também, que a postagem da Crefisa pode ter sido apenas mais uma maneira de provocar e alfinetar o presidente do Palmeiras.

Foto: César Greco/Agência Palmeiras