Rihanna ‘lacra’ no comercial do Super Bowl e Grammy: “Eu valho a espera”

 

O vídeo promocional do Super Bowl e do Grammy Awards, com a estrela da música pop, a cantora Rihanna e com seu jeito polêmico , praticamente sua marca registrada, mandou o recado

Leia mais: Cristiano Ronaldo se empolga e canta Rihanna em avião

Rihanna aparece ao lado do Jim Nantz, representante do campeonato americano em um estádio. No teaser ambos competindo no cara ou coroa para ver quem começa, neste caso qual evento vai primeiro. “Eu vou primeiro”, diz Nantz, referindo-se ao Super Bowl que acontecerá no dia 7 de fevereiro, enquanto a cantora responde, “Eu valho a espera”. Lacrando nas palavras indicando   que fará parte do Grammy, marcado para o dia 15 de fevereiro.

O vídeo foi exibido no canal CBS que promove ambos os eventos, Super Bowl e Grammy Awards. O comercial veio no momento certo em que saíram rumores de que a cantora se apresentaria ao lado de Beyoncé e da banda britânica Coldplay , que se apresentará no Brasil em março, nos intervalos do jogo.

O comercial joga um balde de água fria em que esperava a dupla de cantoras. Veja o vídeo:

O Halftime shows, shows dos intervalos do Super Bowl, são um espetáculo a parte e garantem a grandiosa audiência do evento, desde os naos 80 isso acontece. A revista Rolling Stones já elegeu como os 10 melhores shows da história do evento: Michael Jackson, Diana Ross, Stevie Wonder, (Aerosmith, Britney Spears, Mary J Blige, Nelly e o N’Sync, todos ao mesmo tempo), U2, Sting e No Doubt, Justin Timberlake e Janet Jackson, Paul McCartney e Rolling Stones.

Em 2015, a atração principal do show de intervalo foi a cantora Katy Perry e teve como convidados o cantor norte-americano Lenny Kravitz e a rapper Missy Elliott, com 118.5 milhões de espectadores, ultrapassando Bruno Mars no Super Bowl XLVII, tornando-se o Halftime Show mais assistido da história.

Imagem: Reprodução

 

 



Formada em jornalismo pelo Mackenzie, demorei anos para perceber que dá, sim, para ir atrás dos sonhos e trabalhar com o que se gosta: o esporte. Hoje me divido entre o esporte e a política. Nunca vou me conformar com os que dizem: "É só futebol.."