Esporte Interativo pode pagar até 5 vezes mais do que a Globo pelo futebol

A disputa pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro em 2019 e 2020 segue correndo solta nos bastidores do mundo da bola. Os canais Globosat, que mantém o domínio único sobre esses direitos na TV fechada, ganharam a concorrência de peso do Esporte Interativo.

LEIA MAIS:
Vascaínos zoam pintura do Fluminense no Maracanã: “Freguês”
Opinião: 2015, o ano em que o conservadorismo voltou ao futebol
Torcedor invade campo, mas é detido por goleiro com um golpe de judô; assista
Goleiro da Roma ofende fã por vestido ousado: “Pensaram que eu namoraria isso”

Segundo o Blog do Ohata, o canal oferece pelo menos 5 vezes a mais do que a Globosat pela transmissão, mas, ainda assim, não conseguiu fechar acordo com os clubes. Até agora, oito clubes tiveram reuniões com o Esporte Interativo: Grêmio, Santos,  Fluminense, Internacional,  Atlético-PR, Coritiba, Bahia e Sport.

Para o presidente do Internacional, Vitório Pífero, essa concorrência é muito positiva:

“Estamos ouvindo os dois lados. Sem dúvida, existir essa concorrência é muito bom. Com ela podemos avaliar melhor a qualidade do produto que temos para vender”, disse Vitorio Piffero, presidente do Internacional, ao Blog do jornalista Ricardo Perrone.

Crédito da foto: Getty Images