Planejamento: Palmeiras tem uma Seleção formada apenas com jogadores sub-21 em seu elenco

Cesar Greco/ Ag Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras nunca foi um clube conhecido por formar jogadores, tanto que sua última grande revelação foi o atacante Vágner Love, que na época foi negociado com o CSKA, da Rússia, e chegou a defender a Seleção Brasileira. Mas desde seu primeiro mandato, Paulo Nobre tenta reverter o histórico “negativo” do clube, isso foi o que mostrou Buffon, usuário do Fórum PDT.

LEIA MAIS:
Goleiro “tipo Neuer” e jogadores que atuam em três posições: veja como o Palmeiras trabalha sua base

Desde o primeiro mandato de Nobre, o Palmeiras começou a utilizar mais jogadores das categorias de base, e comprar atletas entre 19 e 23 anos – casos de Rodrigo (21), Allione (21) e Erik (22).

Com um elenco bem inchado, Marcelo Oliveira conseguiria escalar um excelente time apenas com jogadores “sub-21”. Vinicius, João Pedro, Nathan, Thiago Martins, Matheus Muller, Matheus Salles, Rodrigo (Luis Gustavo), Allione, JuninhoGabriel Jesus e Erik.

Vale destacar que em ano Olímpico, o Palmeiras é um dos clubes com mais jogadores com capacidade técnica de defender a Seleção nos Jogos, lembrando que João Pedro, Nathan, Luis Gustavo, Gabriel Jesus e Erik são presenças constantes nas convocações para as seleções de base do Brasil.

A intenção de Paulo Nobre, é além de fazer com que os jogadores – cada vez mais jovens – tenham identificação com o Palmeiras, fazer com que os investimentos rendam um bom retorno financeiro futuramente, principalmente, levando em consideração que o Alviverde também não é um clube acostumado a lucrar muito com negociações.

Atualmente, o Palmeiras conta com as duas últimas revelações do Campeonato Brasileiro em seu elenco: Erik (2014) e Gabriel Jesus (2015)

Foto: Cesar Greco/ Ag Palmeiras/Divulgação