Opinião: Na Florida Cup, adversários não são inimigos

Reprodução/ Facebook oficial Atlético Mineiro

Já imaginou corintianos, palmeirenses, são-paulinos, cruzeirenses e atleticanos assistindo lado a lado a uma partida de futebol? Só poderia dar em confusão, não é mesmo? Não se esse jogo fosse realizado fora do Brasil.

LEIA MAIS:
Campeão da Florida Cup, Aguirre exalta atitude dos jogadores do Atlético-MG em campanha

Durante o encontro entre Atlético-MG e Corinthians pela Florida Cup, disputada nos Estados Unidos, torcedores das duas equipes e de uma série de outros times acompanharam a partida juntos e nenhuma confusão foi registrada. Um fato curioso que nos faz pensar: por que isso não acontece no Brasil?

Tudo bem que se tratava de um torneio amistoso. Mas não vá dizer que o clima de paz no estádio Florida Atlantic University era apenas por isso. Sabemos que os brigões não escolhem hora e nem lugar. Já testemunhamos em diversas ocasiões brigas em jogos que não valiam nada.

Você talvez pense “Ah, mas os torcedores organizados estavam separados”. Sim, eles estavam. Não podemos ser ingênuos e achar que tudo correria bem se eles estivessem lado a lado. A questão aqui é realmente o torcedor comum. Você costuma ver adversários torcendo juntos por aqui?

Já pensou que legal você ir ao estádio com seu melhor amigo que torce para um time rival? Sentar lado a lado com camisas diferentes sem medo de ser agredido? Vocês poderiam assistir ao jogo juntos, tirar sarro um do outro quando um time marcar o gol e depois voltar tranquilamente para casa.

Parece utópico? Sim, mas quando as novas arenas padrão Fifa foram construídas sem grades ou fossos que separam os torcedores do campo, muitos tinham certeza que isso nunca funcionaria. Quantas vezes não ouvimos: “No Brasil isso não dá certo. Vai ter invasão todo jogo”. Com exceção da invasão de campo na final do Cearense, nenhuma outra grande confusão foi registrada.

Por enquanto, estamos muito distantes desse clima tranquilo nos estádios brasileiros. Mas vale o registro desse momento de paz e o desejo de que no futuro possamos ver o mesmo em jogos por aqui. Ainda vai demorar, mas ações pontuais como a torcida mista no GreNal provam que isso é possível.

Crédito da foto: Reprodução/ Facebook oficial Atlético Mineiro



Jornalista formado em dezembro de 2014 pela FIAM FAAM com passagens por grandes veículos como Esporte Interativo e Editora Globo. Já escreveu sobre diversos assuntos, mas sua grande paixão é mesmo o futebol.