Opinião: Paulo Nobre está mais “esperto” que o presidente rival

Cesar Greco /Ag. Palmeiras / Divulgação

Meus caros, em entrevista para o “Boa noite Fox” programa dos canais Fox Sports, o presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras, Paulo Nobre, disse que não teme o mercado chinês.

LEIA MAIS:
Palmeiras RESOLVE última pendência na construção do elenco de 2016; entenda

De acordo com o dirigente, nenhum jogador do Palmeiras é inegociável. Porém, o clube interessado terá que pagar a multa rescisória.

Sabendo das investidas do futebol chinês, Nobre foi rever a multa rescisória dos contratos de seus atletas.

“Vi o Roberto (de Andrade, presidente do Corinthians) dizendo que eles (clubes da China) acertam salários astronômicos com jogadores, pagam a multa e levam. Mas é para isso que existe a multa. Até fui rever os contratos dos nossos atletas e fiquei tranquilo, pois todas as multas estão dentro do padrão Palmeiras. Se quiserem vir, venham. Desde que paguem a cláusula”, disse o dirigente palmeirense nesta segunda-feira, em entrevista ao canal “Fox Sports”.

Na minha opinião, Paulo Nobre está mais esperto que o presidente corinthiano Roberto de Andrade. Antenado no mercado e sabendo das investidas do futebol chinês, o presidente alviverde se preocupou em verificar as multas rescisórias do seu elenco para se defender e dar uma garantia de planejamento para o clube.

Ato que Roberto de Andrade não teve, e assistiu de “camarote” seus principais jogadores negociarem com a China.

Para Paulo Nobre, o clube tem que ter uma boa bonificação nas investidas da China, e a multa de contrato é garantia que o clube tem para recompor as futuras perdas do seu elenco a altura.

O Palmeiras tem uma visão moderna na sua diretoria. Hoje o departamento de futebol planeja para ter um Palmeiras protagonista e não coadjuvante. Muito diferente do que anos atrás.

Crédito da foto: César Greco/Ag. Palmeiras /Divulgação



Rafael Jacobucci - O Faro da Bola. - Repórter - Comentarista - Apresentador