Nobre elogia Ricardo Oliveira e minimiza polêmica da Copa do Brasil: “Não desrespeitou o Palmeiras”

palmeirenses
Reprodução / Facebook

A decisão da Copa do Brasil terminou há quase dois meses, porém, sempre volta a ser motivo de conversa, pois houve muita rivalidade e polêmicas nos confrontos entre Palmeiras e Santos. Um deles foi o entrevero entre o atacante santista Ricardo Oliveira com os demais jogadores do Verdão. Campeão do torneio, o presidente alviverde Paulo Nobre minimizou o fato e fez elogios ao centroavante rival.

LEIA MAIS:

Sem espaço no Palmeiras, Maikon Leite é emprestado para time árabe

Conheça as mulheres dos jogadores do Palmeiras em 2016

Paulo Nobre fala sobre elenco do Palmeiras e defende rodízio para 2016

Presidente do Palmeiras fala sobre contratação de substituto para Cleiton Xavier

Verdão tem estratégia para evitar o assédio chinês aos seus jogadores

Em entrevista ao Fox Sports na noite desta segunda-feira (18), o mandatário palmeirense disse que entendeu os motivos do jogador do Peixe ao polemizar contra os palmeirenses.

“Acho que ele não desrespeitou o Palmeiras. Ele tentou provocar para tentar tirar proveito em uma decisão. Faz parte. Como faz parte pelo lado do Palmeiras o desabafo. Volto a falar: é um excelente centroavante e não estaria na selelção se não fosse“, afirmou Nobre.

O presidente palmeirense ainda falou sobre as especulações da vinda de Lucas Lima para o clube. “O Lucas Lima é impossível. Ele é super valorizado e enche os olhos dos times europeus. Não dá para competir”, disse Nobre, explicando que o Verdão não foi atrás do atleta.

“Liguei para o Modesto [Roma Jr] e disse que o fato de oferecerem jogadores para o Palmeiras, não significa que estamos aliciando. Nos ofereceram o Lucas Lima, o Thiago Maia… O Thiago foi oferecido por dois empresários, inclusive”, explicou o cartola.

Segundo ele, Modesto não gosta de Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, pois acredita que o dirigente alviverde alicia os jogadores que tem interesse. Nobre negou. “O Mattos conversou com ele na semana passada e explicou o que houve. Os atletas foram oferecidos”, finalizou Paulo Nobre.

Crédito da foto: Reprodução