“Meu coração vai estar sempre aberto”, diz Paula sobre voltar jogar em Osasco

Foto: João Neto/Fotojump

A partida entre Vôlei Nestlé e Brasília Vôlei, no ginásio José Liberatti, em Osasco, na última segunda-feira, teve um sabor especial para uma atleta. A ponteira bicampeã olímpica Paula Pequeno, uma das estrelas do time da capital federal , e ex-jogadora do time da cidade paulista, a atleta reecontrou os torcedores que estiveram do seu lado durante nove temporadas e ainda teve seu nome cantado após o jogo.

LEIA MAIS

Rexona/Ades vence em casa e diminui distância para a liderança da Superliga Feminina
Centrais do Vôlei Nestlé destacam jogo coletivo em vitória pela Superliga Feminina

Muito identificada com os torcedores, Paula não descarta retornar a equipe caso tenha uma proposta, e demostra gratidão pelos anos que atuou na cidade. “Sempre que surgir a oportunidade de voltar a jogar com essa camisa vou querer, meu coração está sempre aberto para Osasco”, revela.

Sobre retornar ao ginásio José Liberatti, a atacante contou como é a experiência. “Aqui eu sempre me senti em casa, tem uma ambiente diferente, o carinho da torcida, das pessoas que trabalha aqui, é sempre muito bom jogar em Osasco”, finaliza.

Nas estatísticas da Superliga 2015/16, paula é a quarta atacante com mais pontos na competição com 237 pontos marcados. Principal escolha da levantadora Macris no Brasília, Paula não conseguiu evitar a vitória do Vôlei Nestlé por 3 sets a 0.

Foto: João Neto/Fotojump