Aldo volta a afirmar desejo de revanche com McGregor: “Vou passar por cima”

Crédito da foto: Getty Images

Em um dos eventos mais aguardados do UFC em 2015, José Aldo foi surpreendido por um golpe dado por Conor McGregor, que encerrou a luta após apenas 13 segundos do começo. A derrota foi doída para o lutador brasileiro, que admitiu sua decepção com o revés, mas garantiu ainda pensar em revanche com o irlandês.

LEIA MAIS:
UFC anuncia duelo entre Jacaré e Vitor Belfort para 14 de maio, no Brasil

“Eu tenho uma coisa na cabeça… Ele vai ficar ali, eu sou um trabalhador do UFC, temos contrato. Pode ter certeza que uma hora o mundo gira. Uma hora ele vai parar na minha frente e eu vou passar por cima”, disse o lutador, em entrevista coletiva que marcou a inauguração de sua hamburgueria, no Rio de Janeiro.

Sobre a derrota em dezembro, Aldo afirmou que sua decepção se dá pela maneira como foi construída a luta e por ter sido para seu principal adversário na divisão peso-pena.

“Doeu mais por isso (perder a invencibilidade para McGregor). Podia perder para o Frankie Edgar, para o Chad, quando tive lutas duríssimas, ou qualquer outro atleta, mas por esse lado eu fiquei um pouco desapontado comigo mesmo, porque naquela hora eu não podia perder”, acrescentou.

O próximo adversário de José Aldo ainda não foi divulgado. Mas, segundo o lutador, a expectativa é de que seu próximo combate seja novamente pelo cinturão dos penas, desta vez contra Frankie Edgar, já que, apesar do título, McGregor subiu para a categoria peso-leve.

Crédito da foto: Getty Images



Baiano, 22 anos, jornalista em formação pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol, este último com maior fervor. Contato: victorw10@outlook.com