Jorginho faz duas mudanças no time do Vasco: uma boa e uma péssima; confira

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O Vasco apresentou novidades no treinamento desta terça-feira (19), em Pinheral. Sob o comando o técnico Jorginho, a equipe titular começou e terminou diferente do que vinha acontecendo, tudo para tentar encontrar o time ideal do Gigante da Colina para a temporada 2016.

LEIA MAIS:
Jade Barbosa posta foto com atletas do Brasil e dos EUA e ganha elogios; confira
Roberto Carlos revela que fez um brincadeira ao falar do interesse do Real Madrid em Neymar
Cristiano Ronaldo revela o segredo de Zidane no Real Madrid: “Gostamos mais dele”
Conheça a modelo Nataly Rincón, o novo affair de Cristiano Ronaldo
Ex-aliado da CBF, Ronaldo detona cartolas: “O futebol está nas mãos de quem não é a favor dele”

Insubstituível, Nenê esteve em campo e bem durante toda a atividade com bola entre os titulares, assim como Andrezinho, Matheus Vital, Jorge Henrique, Madson, Luan, Rodrigo, Júlio César e Martín Silva. As novidades, nesse sentido, foram a entrada desde o começo de Julio Dos Santos, na vaga até então ocupada por Marcelo Mattos, e Thalles, no decorrer da atividade, no lugar de Riascos.

A nova chance dada por Jorginho ao atacante criado nas divisões de base do Vasco da Gama é extremamente positiva, já que, além de jovem com potencial e com contrato longo, Thalles leva vantagem sobre Riascos também no que se refere à permanência no clube, uma vez que o colombiano deve ficar apenas até maio.

Contudo, a entrada de Julio Dos Santos, por mais que melhor  qualidade do passe da equipe, já se mostrou ruim no ano passado e não deveria ser repetida esse ano. Com um meio de campo extremamente ofensivo, Jorginho prejudica o poder de recuperação de bola e pode deixar a defesa exposta. Na ausência de Marcelo Mattos, existem outros jogadores com características semelhantes para realizarem essa função ao invés do volante paraguaio.

Glauco Costa é colaborador do Torcedores.com. Siga ele no Twitter:

@GlaucoCosta0307

Crédito da foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br