Jogo contra o Flu vale muito para alguns jogadores do Internacional; saiba por quê

ricardo duarte / internacional

Internacional e Fluminense se enfrentam na noite desta quarta, 20, a partir das 21h45, pelo segundo e último jogo da Florida Cup para cada equipe. No colorado, por mais que o empate diante do Bayer Leverkusen tenha tirado a chance de disputa pelo título, o duelo conta os cariocas vale muito para a temporada 2016.

LEIA MAIS
Relembre 10 entrevistas históricas envolvendo personagens da dupla Gre-Nal
Em desafio no videogame, Valdívia goleia repórter do FoxSports

Mais do que um simples jogo de futebol, a partida entre Internacional e Fluminense na Florida Cup proporciona a oportunidade de jogadores colorados se firmarem na equipe para 2016. Réver, Artur, Fernando Bob, Anderson e Sasha poderão ter seus destinos traçados na temporada por conta desta partida.

Contratado em 2015, Réver ainda não se firmou no Internacional, muito por causa de suas lesões e inconstância enquanto atuava. Substituto direto de Ernando, machucado, o zagueiro poderá, finalmente, mostrar o seu futebol para o técnico Argel Fucks.

Artur, por sua vez, briga pela titularidade na lateral-esquerda com Gefferson. Na maior parte de 2015, Ernando atuou improvisado pelo setor, mas a tendência para 2016 é que isso não ocorra. Escolhido para começar jogando por Argel, Artur larga na frente na disputa pela vaga no time.

Fernando Bob caiu nas graças de Argel Fucks desde o primeiro treinamento no CT do Parque Gigante. Contratado para 2016 junto a Ponte Preta, o volante precisa mostrar à comissão técnica que consegue manter uma boa sequência na equipe para, enfim, conseguir cravar o seu lugar entre os titulares da temporada.

O caso de Anderson, porém, é mais complicado. Sem convencer desde quando foi contratado, o meia-atacante possui oferta milionária da China e não sabe se fica no Internacional. A partida contra o Fluminense poderá ser o divisor de águas para o atleta.

Por último, mas não menos importante, Eduardo Sasha vive um momento diferente em sua carreira, atuando como “falso 9”. A posição não é a que mais agrada o jogador, mas como é bastante esforçado, pretende desempenhar um bom trabalho para cravar um lugar ao lado de Vitinho entre os titulares.

Foto: Ricardo Duarte / Internacional