Flamengo é o clube que receberá o maior valor de patrocínio da Caixa; veja

Reprodução/Flamengo

Alguns clubes como Corinthians, Vasco da Gama e Fluminense ainda negociam a renovação do patrocínio com a Caixa Econômica Federal, mas outros já fecharam e os valores foram publicados hoje, através do Diário Oficial.

LEIA MAIS:
Artilheiro do Flamengo na Copinha, Felipe Vizeu se espelha em Guerrero
Fluminense vai receber proposta de R$ 44,2 milhões por mais uma revelação
Querendo enxugar o elenco, Palmeiras empresta lateral para a disputa do Carioca
Mercado da bola: confira as NEGOCIAÇÕES do Flamengo para temporada 2016
Veja 6 ‘reforços’ que já estão no seu clube e podem ser fundamentais em 2016

O Diário Oficial da União divulgou, em sua edição desta terça-feira, os valores que a Caixa Econômica Federal pagará pelo patrocínio de alguns clubes do futebol brasileiro.

O maior valor será pago ao Flamengo. O Rubro-negro receberá um montante de R$ 25 milhões para estampar a marca do banco federal na parte da frente de sua camisa.

Logo depois vem os mineiros Cruzeiro e Atlético-MG, que irão receber metade do valor pago ao Flamengo. Cada equipe ganhará R$ 12,5 milhões. Atlético-PR e Coritiba também receberão da Caixa valores iguais. Cada um receberá R$ 6 milhões.

O publicação traz ainda valores de mais quatro equipes da primeira divisão. Sport e Vitória receberão R$ 6 milhões, Chapecoense e Figueirense R$ 4 milhões e o CRB, que é o único time que atua na série B, irá receber R$ 1 milhão de patrocínio da Caixa.

Rivais cariocas, Fluminense e Vasco ainda estão em negociações com o banco federal e por isso não aparecem na lista publicada no Diário Oficial.

O Corinthians, que também estampou a marca da Caixa em seu uniforme, ainda negocia a renovação de contrato que tem validade até o fim de janeiro. A expectativa da direção do Timão é, com as CNDs, que o clube receba pelo menos os R$ 30 milhões atuais.

O valor pode ser maior que o do Flamengo, pois ao contrário do Rubro-negro, o time paulista estampa o patrocínio da Caixa na parte da frente e de trás da camisa. Já o clube da Gávea, prefere deixar a parte de trás para negociar com outras empresas e assim ter, na soma dos patrocínios, a camisa mais valiosa do país. A Jeep negocia com o Fla a parte de trás do Manto vermelho e preto.

 

Veja também:

14 opções de zagueiros para seu time se reforçar em 2016.
Veja brasileiros que atuam na Europa e poderiam ser repatriados.
Veja boas opções de jogadores que ficam sem contrato ao fim de 2015.
11 opções de volantes para seu time se reforçar em 2016.

Foto: Divulgação

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi