F1: Felipe Massa acredita que pode voltar a vencer em 2016

Yas Marina Circuit, Abu Dhabi, United Arab Emirates. Saturday 28 November 2015. Felipe Massa, Williams F1. Photo: Glenn Dunbar/Williams F1 ref: Digital Image WW2Q8361

Em entrevista à emissora de TV britânica Sky Sports, Felipe Massa disse que acredita em uma quebra de jejum de vitórias na Fórmula 1 nesta temporada, que terá início no dia 20 de março, com a disputa do Grande Prêmio da Austrália, que acontece no circuito de Albert Park, em Melbourne. O brasileiro não vence uma corrida desde o GP do Brasil de 2008, quando perdeu o título mundial daquele ano para Lewis Hamilton.

LEIA MAIS:
McLaren trabalhou até no natal para aprontar novo carro

“Nós estamos realmente perto (de uma vitória). Nós fomos ao pódio algumas vezes no ano passado e mais vezes no ano anterior, em 2014. Nós realmente esperamos que possamos voltar às vitórias, voltar a ter um carro que é realmente competitivo para lutar pela vitória. Eu realmente espero que isso seja possível”, disse Massa.

A declaração contraria o que o próprio brasileiro disse no último domingo, quando destacou que, para conseguir bater as principais equipes do campeonato, a Williams precisaria de uma grande melhora em relação a última temporada, quando o time inglês terminou o ano com a terceira posição no Mundial de Construtores.

“Ambos (2014 e 2015) foram realmente bons, mas queremos mais. Sabemos que para lutar com essas equipes na frente, Mercedes e Ferrari, você precisa fazer melhorias surpreendentes de um ano para outro”, comentou Massa, em entrevista à revista inglesa Autosport.

Massa vem de sua melhor temporada na Fórmula 1 desde 2011, quando ainda defendia a Ferrari. Em ambos os anos, o brasileiro encerrou o campeonato na sexta colocação, mas em 2015, Felipe obteve 121 pontos e dois pódios, contra 118 tentos e nenhuma chegada entre os três primeiros colocados cinco anos atrás.

O carro da Williams será apresentado no dia 22 de fevereiro, dia em que a pré-temporada da Fórmula 1 terá início.

Foto: Glenn Dunbar/Williams F1



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.